Botucatu: Após repercussão negativa, Prefeitura nega que testagem grátis de Covid será direcionada a igreja. Veja a lista dos agendados, todos pela igreja

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Após a repercussão negativa da iniciativa da Prefeitura de Botucatu em disponibilizar testes gratuitos de Covid-19 aos fiéis da Igreja Assembleia de Deus, em Botucatu – Um Ministério com Deus –, ação que ocorrerá nesta quinta-feira, 05, e sexta-feira, 06, segundo divulgado em um grupo do WhatsApp para membros da igreja por Jeiélli Lima, coordenadora da juventude da Assembleia, o Poder Público nega a ação direcionada.

Em uma nota de Esclarecimento e Repúdio ao Jornal Leia Notícias, por ter divulgado a ação, a Prefeitura diz que “as informações foram distorcidas e afirma que o setor de atividades religiosas, ao lado de supermercados e comércio, foi tema de ampla atenção dentre autoridades de saúde durante toda a pandemia, devido ao potencial risco de transmissão da COVID-19. Nesse sentido, diferentes lideranças religiosas foram contatadas para organização de amostragem no perfil de indivíduos que frequentam cultos religiosos com regularidade. Diferentemente do que foi divulgado na referida reportagem, esta ação sanitária não está direcionada à determinada religião ou igreja específica. Outros setores serão incluídos em breve nesta iniciativa, como a indústria, além de um terceiro levantamento amostral da população em geral”.

Porém, a Prefeitura de Botucatu não nega que nesta quinta-feira, 04, e nesta sexta-feira, 05, disponibilizará gratuitamente testes de Covid-19 para os frequentadores da Assembleia de Deus em Botucatu – Um Ministério com Deus e seus familiares, que poderão agendar e realizar o exame, mesmo quem não esteja com os sintomas da doença. E também diz que outras igrejas serão contatadas e agendarão, mas não respondeu que isso ocorreria quando uma nota foi solicitada.

A reportagem, além dos prints divulgados, que confirmam a realização do evento de testagem para os fiéis da referida igreja, recebeu a listagem com os horários agendados pela responsável pelo grupo, com os nomes de membros da igreja e familiares.

Postagem no Grupo da Igreja

Postagem no Grupo da Igreja

Os sobrenomes e telefones serão encobertos para não causar maior constrangimento.

Em sua nota de repúdio, a Prefeitura diz que a ação sanitária não está direcionada à determinada religião ou igreja específica, mas foram agendados para essa ação os fiéis desta igreja e seus familiares.

Ainda na nota, a Prefeitura diz, apenas agora, que “outros setores serão incluídos em breve nesta iniciativa, como a indústria, além de um terceiro levantamento amostral da população em geral”, porém não informou em qual data.

Segundo divulgado no grupo de WhatsApp da Igreja, foi informado que: “A Prefeitura está disponibilizando para nossa igreja o teste da covid, para detectar se a pessoa já teve, ou se está infectada com o vírus. É um teste rápido, uma picadinha na mão, colher um pouquinho de sangue e o resultado sai dentro de 15 minutos. A Coleta será feita amanhã, no Colégio Cardosinho”, diz a postagem.

O testes destinados para os fiéis da Igreja Assembleia de Deus em Botucatu serão realizados nesta quinta-feira, 05, a partir das 8h15. E também serão agendados para sexta-feira, 06.

No grupo, a pessoa responsável pela divulgação ainda destaca que “não precisa pagar nada. É um teste que custa mais de R$ 300. No entanto a Prefeitura está doando para os membros da Igreja”.

O Jornal solicitou uma nota para a jornalista Cinthia Souza, da Comunicação da Prefeitura de Botucatu, que enviou a seguinte nota, publicada na íntegra:
“A Secretaria de Saúde está realizando inquéritos epidemiológicos em indivíduos sem sintomas suspeitos de COVID-19, por meio de testes rápidos sorológicos, no sangue, com segmentos específicos da população. Já foram testados servidores públicos, profissionais do transporte público, de supermercados, da área da saúde e do comércio. A Prefeitura continuará fazendo esse tipo de testagem por modalidade e também realizará um novo inquérito epidemiológico populacional nas próximas semanas. A Prefeitura reforça que pessoas com síndrome gripal e sintomas da COVID-19 devem entrar em contato com a Central Coronavírus pelo telefone 3811-1519, para agendamento de teste PCR.”

Leia agora a Nota de Esclarecimento da Prefeitura, diferente da nota anterior emitida ao jornal, após repercussão negativa ao Poder Público pela ação.

NOTA DE ESCLARECIMENTO E REPÚDIO

Tendo em vista a reportagem sobre a testagem de COVID-19 divulgada pelo Jornal Leia Notícias, a Prefeitura de Botucatu vem esclarecer os fatos e repudiar a postura do veículo. Pois, em meio ao enfrentamento da pandemia, o veículo de comunicação, de uma maneira temerária, distorceu as informações.

Desta forma, a Prefeitura esclarece que tem a disposição 14.000 testes rápidos sorológicos para detecção da COVID-19 e que tem realizado testagens em diferentes segmentos da população desde o início de outubro. Nesta etapa de testagens foram priorizados setores que não paralisaram suas atividades durante a pandemia e cujas atividades envolvem grande interação social e potencial elevado de transmissão da doença.

Já foram realizados aproximadamente 2.300 testes nesta iniciativa atual, com servidores públicos da infraestrutura, limpeza, e educação em atividade, profissionais do transporte público (motoristas e cobradores) e de supermercados. Todos os testes rápidos, bem como os mais de 25.000 testes PCR já realizados no município neste período de enfrentamento da pandemia são realizados gratuitamente.

No momento estão sendo realizados testes rápidos por amostragem no setor do comércio (em torno de 10% dos funcionários) e da área da saúde (incluindo a rede pública e privada).

O setor de atividades religiosas, ao lado de supermercados e comércio, foi tema de ampla atenção dentre autoridades de saúde durante toda a pandemia, devido ao potencial risco de transmissão da COVID-19. Nesse sentido, diferentes lideranças religiosas foram contatadas para organização de amostragem no perfil de indivíduos que frequentam cultos religiosos com regularidade. Diferentemente do que foi divulgado na referida reportagem, esta ação sanitária não está direcionada à determinada religião ou igreja específica. Outros setores serão incluídos em breve nesta iniciativa, como a indústria, além de um terceiro levantamento amostral da população em geral.

A Prefeitura lamenta a forma distorcida como foi publicada a notícia, causando desinformação e até mesmo indignação junto a população. Abaixo, segue Nota Oficial encaminhada antes mesmo da veiculação da notícia para o referido Jornal:

A Secretaria de Saúde está realizando inquéritos epidemiológicos em indivíduos sem sintomas suspeitos de COVID-19, por meio de testes rápidos sorológicos, no sangue, com segmentos específicos da população. Já foram testados servidores públicos, profissionais do transporte público, de supermercados, da área da saúde e do comércio. A Prefeitura continuará fazendo esse tipo de testagem por modalidade e também realizará um novo inquérito epidemiológico populacional nas próximas semanas. A Prefeitura reforça que pessoas com síndrome gripal e sintomas da COVID-19 devem entrar em contato com a Central Coronavírus pelo telefone 3811-1519, para agendamento de teste PCR.

LEIA MAIS: Botucatu: Prefeitura disponibiliza testes grátis de Covid para membros da Igreja Assembleia de Deus

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes