28 de maio, 2024

Últimas:

Will bank leva autônomos para ‘Taimes Isquer’ brasileira

Will bank leva autônomos para ‘Taimes Isquer’ brasileira

Anúncios

O will bank, banco digital com mais de 6 milhões de clientes, acaba de registrar um crescimento recorde no Brasil. Com uma base de clientes composta, principalmente, por profissionais autônomos – cerca de 70%-, o banco recriou, na Nova Iorque brasileira, a menor cidade do Maranhão, uma versão estilizada e abrasileirada da famosa praça nova-iorquina: a ‘Taimes Isquer‘. A ação visa dar voz, protagonismo e valorizar – próximo ao Dia do Trabalho-, a força empreendedora desses profissionais que impulsionam a economia brasileira. 

Sob o conceito criativo de o banco dos nova-iorquinos brasileiros, o will propõe um olhar de valorização aos autônomos que impulsionam a economia popular. São eles os protagonistas da ação, e que, ao longo dos três dias de evento, tiveram suas marcas anunciadas nos telões da versão brasileira da Times Square.

Anúncios

“Nosso negócio alcança bons resultados olhando para um público que, até então, era ignorado por outras instituições”, diz Felipe Félix, CEO do will Bank. Com a ação, o banco visa fortalecer a relação com os autônomos, uma parcela da população que cresce dia a dia na base de clientes e que enxerga o acesso ao crédito como uma oportunidade de transformar sua realidade por meio do trabalho e da renda. “A ‘Taimes Isquer’ ressalta a importância desse perfil de trabalhador, que faz a economia acontecer, em especial em regiões afastadas dos grandes centros”, complementa o CEO.

A ação incluiu uma estrutura de impacto, com uma composição de oito torres, que chegam até 10 metros de altura, e 15 telões de LED para ambientar a Taimes Isquer brasileira. Além da montagem cenográfica, que trouxe anúncios de autônomos clientes do will nos telões, o banco promoveu um bate-papo sobre finanças com a economista e educadora financeira Mila Gaudencio, voltado aos empreendedores da região. O evento contou também com uma feira organizada por mais de 10 empreendedoras de um grupo local e, ainda, atrações musicais da cidade.

Anúncios

“Temos 60% da base de clientes alocada no Nordeste do país, em cidades com menos de 100 mil habitantes. Cerca de 30% são pessoas que tiveram acesso ao crédito por meio do will. Unimos esses elementos à criatividade, uma de nossas marcas registradas, e criamos esse projeto que visa fortalecer a relação com nosso público e enaltecer pessoas que são agentes de transformação”, explica Félix. 

Autônomos invisíveis já são 70% da base de clientes do will

Assim como o Brasil, os autônomos são plurais. Entre os nova-iorquinos brasileiros, o will bank encontrou bons exemplos de empreendedores com uma visão diferenciada de negócios capaz de fazer acontecer. Na menor cidade do Maranhão, eles criam sabão, instalam painéis de energia solar, vendem acessórios eletrônicos, distribuem bebidas, entre outros. E, agora, tiveram seus negócios anunciados nos telões da Taimes Isquer, assim como acontece com grandes marcas na homônima americana. 

Para dar amplitude à ação, e mostrar mais histórias, o will bank vai usar seu perfil no Instagram para seguir mostrando os brasileiros que movimentam a economia popular do país. De acordo com o banco, a iniciativa tem o propósito de demonstrar o objetivo do will em ser um parceiro ativo na promoção do empreendedorismo, da inclusão financeira e de enxergar o Brasil em sua pluralidade, com a valorização da cultura brasileira.

“Dar voz e impulsionar essas histórias inspiradoras é uma forma de reconhecermos a força de trabalho destes profissionais”, afirma Felix. “Ao recriar a nossa Taimes Isquer em uma cidade longe dos grandes centros urbanos, estamos não apenas valorizando esses trabalhadores, mas também destacando a diversidade e a riqueza da economia popular brasileira”, finaliza o CEO.

Talvez te interesse

Últimas

Pela primeira vez na América Latina, o encontro vai reunir líderes, autoridades e especialistas de todo mundo para debater temas...

Categorias