Venezuela detém 3 norte-americanos acusados de tentar entrar ilegalmente no país

A Venezuela prendeu três cidadãos norte-americanos no começo deste ano acusados de tentar entrar ilegalmente no país e ainda está mantendo-os detidos, de acordo com o Departamento de Estado dos EUA e pessoas com conhecimento do assunto.

O governo do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, tem tentando manter segredo sobre as prisões dos três norte-americanos, enquanto continua contatos diplomáticos iniciais com o governo dos Estados Unidos, disse uma das fontes.

Os três homens detidos se juntam a outros oito norte-americanos, de conhecimento público há mais tempo, que foram presos na Venezuela, incluindo cinco ex-executivos da Citgo Petroleum, unidade sediada nos EUA da empresa estatal de petróleo da Venezuela, a PDVSA.

O governo da Venezuela não respondeu a um pedido de comentários em um primeiro momento.

A Associated Press foi a primeira a publicar reportagem sobre os prisioneiros adicionais.

“Podemos confirmar a prisão de cidadãos norte-americanos na Venezuela em janeiro e março deste ano”, disse um porta-voz do Departamento de Estado. “Levamos a sério nosso comprometimento em auxiliar cidadãos dos EUA no exterior. Devido a considerações de privacidade, não temos mais comentários”.

O governo dos EUA considera que os três homens, todos presos em incidentes separados, foram detidos irregularmente, segundo a pessoa com conhecimento do assunto. Autoridades dos EUA não confirmaram seus nomes em um primeiro momento. Não está claro por que eles viajaram à Venezuela.

Fonte: Yahoo!