Trabalho de limpeza e plantio de mudas encontra muito lixo pela Cuesta de Botucatu

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Depois de um mês de trabalhos de conscientização e limpeza de pontos turísticos de Botucatu mais lixo foi encontrado nas cachoeiras da Indiana, do Vale do Aracatu (AAVA) e Canela I, II. A última ação ocorreu domingo (4).

Uma fileira de sacos de lixo se formou após os trabalhos. Também foi realizado o plantio de 100 mudas na rampa de voo livre “Na Base da Nuvem”, com a participação de famílias de crianças.

Essa campanha Cuesta Limpa foi para mostrar que Botucatu pode promover o turismo responsável. Esse foi o encerramento da primeira fase da campanha e não vamos parar por aqui. Faremos mais ações de conscientização ambiental e queremos trazer mais famílias para a Cuesta, para que a nova geração – ou seja as crianças que estão crescendo – sejam nossos guardiões da Cuesta. Queremos deixar um legado para a geração futura”, (Bruno João de Oliveira, presidente do Comutur)

O administrador de empresa, Jeferson Mattos foi com a esposa e a filha pequena plantar árvore. “Aqui é um lugar belíssimo, não sei como alguém pode jogar lixo nas estradas. Um evento como esse é muito bom para quem vive na Cuesta e para todos da cidade”, comentou.

O encerramento das atividades do programa “Cuesta Limpa”, foi um momento muito especial, Desde setembro  foram feitos trabalhos todos os domingos do mês de setembro, como quando integrantes do Conselho Municipal de Turismo (COMUTUR) e demais parceiros voluntários, como SOS Cachoeiras e Grupo Aventureiros do Túnel, foram até a “Cachoeira Cambuí”, no setor norte da cidade.

Todo o trabalho faz parte do evento mundial “Clean Up The World – Nosso lugar, Nosso Planeta, Nossa Responsabilidade”. Neste contexto, Botucatu é uma das 9 cidades que representam o Brasil no movimento mundial, onde as ações feitas no município serão compartilhadas no site do evento global. Um grupo de 35 pessoas retirou seis sacos de 200 litros cheios de lixo. A maioria foi deixada por frequentadores e o restante foi atirada da ponte que fica nas proximidades ou chegaram pelas águas através do descarte irregular.

Um trabalho de prevenção focado em limpezas também foi realizado, buscando chamar a atenção para o problema do lixo. Os voluntários fizeram uma caminhada pela Rua Amando de Barros, no centro de Botucatu, pedindo uma Cuesta mais Limpa. O grupo de trabalho colocou cartazes nas lojas e entregou panfletos abordando o problema de lixo em estradas rurais de pontos turísticos, bem como dando dicas onde depositar corretamente materiais inservíveis.

Entre as primeiras atividades do “Clean Up The World” houve esse trabalho na Rua Amando de Barros de conscientização para manter estradas rurais e pontos turísticos limpos, incluindo as exuberantes cachoeiras do município.

O “Clean Up The World” é uma campanha global anual, realizada em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Ambiente que inspira e capacita as comunidades para limpar, consertar e conservar o meio ambiente. O número estimado para a Campanha é de 35 milhões de pessoas em mais de 130 países Estes grupos estão assumindo a responsabilidade com o meio ambiente e, os efeitos são sentidos não só na comunidade em que eles ocorrem, mas do outro lado do planeta.

A campanha “Cuesta Limpa” também chama a população para trabalhar pelos espaços cada vez mais livres de lixo. Ações desenvolvidas pelo COMUTUR visam obter para a cidade o selo de “Município de Interesse Turístico”.

Para saber mais o Comutur – https://www.facebook.com/comuturbotucatu ou compareça às reuniões que acontecem todas a primeira quinta-feira de cada mês, às 14h, na Casa dos Conselhos, localizada na rua Maria Rosa Santiago, 152, em Botucatu.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes