‘Superbebê’ que nasceu com 7 quilos deixa maternidade

bebê que nasceu com 7,038 quilos e 61 centímetros em novembro, em Belém recebeu alta e deixou o hospital na sexta-feira (10). Segundo o pai, Paulo César Santana Evangelista, a menina Estefany é o maior presente de Natal que a família já recebeu.

“A felicidade é grande, o presente de natal mais grande que já recebi. A nossa família estava esperando um presente grande, mas não tão grande”, brincou.

A menina e a mãe, Francilene do Espírito Santo Araújo, estavam internadas desde 15 de novembro na Santa Casa, quando a menina nasceu de cesárea. Após quase um mês, mãe e filha deixaram a unidade de saúde sob o carinho dos profissionais, que ficaram impressionados com o tamanho da menina.

'Superbebê'' com os pais e a equipe de saúde da Santa Casa de Belém quando mãe e filha receberam alta  — Foto: Santa Casa/Divulgação
‘Superbebê” com os pais e a equipe de saúde da Santa Casa de Belém quando mãe e filha receberam alta (Foto: Santa Casa/Divulgação)

Estefany, é a primeira filha de Francilene e o terceiro de Paulo. O casal de agricultores deixou Belém no fim da tarde de sexta rumo à localidade de Igarapé Mocoonzinho, no município de Acará, nordeste do estado.

“Tenho que só agradecer a Deus em primeiro lugar, a minha família que está nos apoiando e a equipe de profissionais”, disse o pai.

Estefany no colo da mãe, Francilene do Espírito Santo Araújo e ao lado do pai, Paulo César Santana Evangelista — Foto: Divulgação/Santa Casa
Estefany no colo da mãe, Francilene do Espírito Santo Araújo e ao lado do pai, Paulo César Santana Evangelista (Foto: Divulgação/Santa Casa)

As roupas para a menina preocupavam a família, que fez o enxoval esperando uma bebê menor. Mas na saída da maternidade, os pais receberam algumas fraldas, alimentos e roupinhas adequadas para o tamanho da menina.

Estefany Araújo Evangelista nasceu no dia 15 deste mês, é querida na Santa Casa, e na foto, sendo colocada em um berço maior  — Foto: Divulgação/Santa Casa
Estefany Araújo Evangelista nasceu no dia 15 deste mês, é querida na Santa Casa, e na foto, sendo colocada em um berço maior (Foto: Divulgação/Santa Casa)

A “superbebê”, como são chamados recém-nascidos com mais de 4 quilos, encantou a família e os profissionais do hospital, mas precisou de cuidados por ser muito grande e apresentar risco de hipoglicemia.

Segundo a médica pediatra neonatologista Olívia Mota, a menina possivelmente nasceu tão grande porque a mãe desenvolveu diabetes gestacional.

Fonte: G1