Santos bate a Inter de Limeira pelo Paulistão

O Santos venceu e convenceu. Após duas partidas sem apresentar um padrão claro de jogo, o Peixe recebeu a Inter de Limeira e engatou o segundo triunfo consecutivo no Campeonato Paulista.

E foi a estrela de Raniel que brilhou nesta quinta-feira, na Vila Belmiro. Quando o Alvinegro enfrentava dificuldades para furar o bloqueio adversário, o atacante fez um golaço de fora da área. Antes do segundo tempo, foi ele quem apareceu dentro da grande área e sacramentou o 2 a 0.

Com o resultado, o Santos dorme na liderança do Grupo A. A equipe comandada por Jesualdo Ferreira abriu quatro pontos de vantagem sobre a Ponte Preta. A Inter de Limeira, por sua vez, conheceu sua segunda derrota e segue na segunda colocação.

Agora, o Peixe já se prepara para seu primeiro clássico do ano, neste sábado, às 11 horas (de Brasília), contra o Corinthians, na Arena em Itaquera. A Inter vai a campo só na segunda-feira, às 17 horas (de Brasília), contra a Ponte Preta.

)O Jogo – Diferente das últimas atuações, o Santos começou com uma proposta mais ofensiva, trocando muitos passes no campo de ataque. Enquanto isso, a Inter de Limeira esperava e apostava nos contra-ataques pelo lado esquerdo.

Por conta das duas linhas defensivas muito compactas da equipe visitante, o Peixe tentava chegar ao gol pelas laterais. E o jovem Tailson teve a chance de inaugurar o marcador logo aos seis minutos, após bom cruzamento de Felipe Jonatan.

Apesar da pose dos números animadores de posse de bola, o Santos abusava das bolas levantadas na área e, por conta disso, não conseguia perturbar a meta de Rafael Pin. Na primeira tentativa de invadir a grande área, com 16 no relógio, Felipe Jonatan tentou servir Tailson, que foi antecipado pelo zagueiro.

A partir de então, a pressão santista se instalou e a recompensa veio pouco antes da metade do primeiro tempo. Em um lance de rara felicidade, Raniel encheu o pé de fora da área e acertou a coruja que dormia no gol da Vila Belmiro.

O Leão tentou adiantar suas linhas para surpreender o Alvinegro Praiano. No entanto, a desorganização do time no ataque fez com que os mandantes tivessem ainda mais facilidade para colocar seus atacantes na frente do gol.

Foi dos pés de Evandro, um dos jogadores mais ativos durante toda a partida, que Uribe recebeu cara a cara com o goleiro. O atacante dominou muito mal a bola desperdiçou. Em seguida, faltando um minuto para o apito final, Raniel aproveitou a falha da zaga no escanteio e só empurrou para o fundo das redes.

Na volta do vestiário, Evandro novamente demonstrou muita classe em passe para Uribe. Dessa vez, o centroavante se atrapalhou com a bola. Mais tranquilo no jogo, o Santos ainda controlava a posse de bola, mas abdicou um pouco da pressão e a Inter de Limeira teve mais oportunidades.

Com pouco mais de 10 minutos da segunda etapa, foi a vez de Everson se preocupar com a tentativa de Thomaz. O bom chute do jogador da Inter chegou a desviar no zagueiro do Santos antes de tocar na trave. O arqueiro ainda foi fundamental para evitar o que seria um golaço de Geovane.

Buscando recuperar intensidade, Jesualdo Ferreira promoveu a entrada de Carlos Sánchez e Renyer, de 16 anos. As alterações até surtiram efeito e o Peixe quase ampliou. Contudo, o destaque vai para a joia santista de apenas 16 anos. O atleta superou as marcas de Robinho, Neymar, Gabriel e Rodrygo e se tornou jogador mais novo a estrear pelo profissional.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X INTER DE LIMEIRA

Local: Vila Belmiro
Data: 30 de janeiro de 2020. quinta-feira
Horário: 19h15 (Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo
Assistentes: Leandro Matos Feitosa e Risser Jarussi Corrêa
Cartões Amarelos: Matheus Neris e Geovane (ambos da Inter de Limeira)
Gols: 
Raniel (aos 22 e 42 do 1º tempo)

SANTOS: Everson; Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e F. Jonatan (Carlos Sánchez); Jobson, D. Pituca e Evandro (Alison); Tailson (Reyner), Raniel e Uribe
Treinador: Jesualdo Ferreira

INTER DE LIMEIRA: Rafel Pin; Roger Bernardo, João Victor, Oliveira e Jonathan (Lucas Balardin); Marquinhos, Matheus Neris (Murilo Rangel) e Geovane; Lucas Braga, Thomaz e Airton (Tcharlles)
Treinador: Elano

Fonte: Yahoo!

Scroll Up