Professora é encontrada morta em casa, na região de Botucatu

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A professora Patricia Fogaça de Almeida, 32 anos, foi encontrada morta neste domingo (20) em uma residência da Rua Alagoas, no centro de Avaré.

De acordo com informações, a professora era casada e deixou um filho. Ela morava em Avaré e dava aula de inglês na Escola Municipal Monteiro Lobato, em Itaí.

Segundo a polícia, a causa da morte seria suicídio através de enforcamento.

Apesar das convicções policiais levando em conta a cena que encontrou na casa uma investigação é aberta para confirmar a causa da morte por laudo.

O caso foi registrado pela Polícia Civil.

Fonte: Agência 14 News

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes