Primeiro-ministro britânico alerta para ‘forte onda’ de covid com ômicron

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, alertou que “se aproxima uma forte onda” de covid com o avanço da variante ômicron e estabeleceu como meta administrar novas doses aos maiores de 18 anos antes do fim de dezembro.

“Ninguém deve ter dúvidas: se aproxima uma forte onda da ômicron”, disse Johnson em mensagem transmitida pela televisão, depois que especialistas elevaram o nível de alerta para a covid devido ao “rápido aumento” das infecções relacionadas com esta variante.

Variante ômicron

Imagem destaca variante ômicron do coronavírus feita com um microscópio — Foto: Cortesia Faculdade de Medicina da Universidade de Hong Kong
Imagem destaca variante ômicron do coronavírus feita com um microscópio (Foto: Cortesia Faculdade de Medicina da Universidade de Hong Kong)

A variante B.1.1529, a ômicron, foi reportada à OMS pela primeira vez em 24 de novembro de 2021, pela África do Sul. A situação epidemiológica no país tem sido caracterizada por três picos de casos notificados, sendo que o último era com a variante delta.

De acordo com OMS, a variante apresenta um “grande número de mutações”, sendo que algumas delas trazem preocupação.

“Evidências preliminares sugerem uma alta no risco de reinfecção com esta variante, em comparação com as outras versões do coronavírus. O número de casos da B.1.1.529 aparenta estar crescendo na maioria das províncias da África do Sul”, afirma a OMS.

Fonte: Yahoo!