Polícia identifica jovem que furtou escola e trocou materiais escolares por drogas em Pirajuí

A Polícia Civil de Pirajuí (SP) identificou o suspeito de invadir e furtar uma escola estadual na região central da cidade, na madrugada desta quinta-feira (4). Do local, foi levada uma extensa lista de materiais escolares como canetas, lápis, tesouras, pincéis atômicos, entre outros.

De acordo com a investigação, o suspeito pulou o muro da Escola Estadual Maria Angélica Marcondes, subiu no telhado, quebrou algumas telhas e o forro da cantina, ingressou no interior do prédio e pegou alguns doces. Depois, ele foi para as salas no interior da escola, arrombou uma porta e furtou os materiais escolares.

Segundo a polícia, a análise das imagens de câmeras de segurança do local permitiu aos policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) a identificação de um servente de pedreiro de 20 anos que já possuía envolvimento com outros delitos na cidade.

Suspeito foi flagrado por câmeras de segurança da escola espalhando o material furtado no pátio — Foto: Reprodução/Câmera de segurança
Suspeito foi flagrado por câmeras de segurança da escola espalhando o material furtado no pátio (Foto: Reprodução/Câmera de segurança)

Com apoio da Polícia Militar, os policiais civis foram até a casa do suspeito, no bairro Jardim Eldorado, onde o jovem confessou a prática do furto e disse que já havia trocado parte do material levado da escola por drogas.

O restante do material furtado, que estava escondido em um matagal nas proximidades da residência do servente de pedreiro, foi recuperado para ser devolvido à escola.

O suspeito foi ouvido e responderá em liberdade pela prática de furto qualificado, com pena de reclusão de dois a oito anos, além de multa.

Fonte: G1 – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Scroll Up