Morte de Tom Veiga, o Louro José, é investigada pela Polícia Civil do Rio

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Polícia Civil está investigando a morte de Tom Veiga. O Intérprete do Louro José foi encontrado sem vida em sua casa, no Recreio, neste domingo. De acordo com informações da 16ªDP (Barra da Tijuca), o caso está sendo investigado. A perícia de local foi acionada. Diligências estão em andamento.

Personagem superpopular da TV, Tom era companheiro de Ana Maria Braga na Rede Globo há pelo menos 20 anos. Antes disso, trabalhou com ela na Rede Record e, por muito tempo, manteve sua identidade escondida.

No mês passado, Tom havia se separado da segunda mulher, a empresária Cybelle Hermínio Costa, de 31 anos, com quem foi casado por apenas nove meses. Os dois se casaram em janeiro. Tom voltou para São Paulo e Cybelle está no Rio.

“Sim, estamos separados há um mês já. Existiam questões que não conseguimos alinhar e, infelizmente, foram determinantes para o fim”, limitou-se a dizer Cybelle, ao EXTRA,. Na época, ela afirmava que não havia chance de reatar: “Por mim, não”. Os dois estavam brigando muito, principalmemte depois que Tom passou a ficar em São Paulo gravando o programa.

Esse foi o segundo casamento do ator. Ele foi casado por 14 anos com Alessandra Veiga, com quem tem uma filha. O relacionamento com Alessandra terminou em 2018, após algumas brigas. No mesmo ano, Tom assumiu namoro com Cybelle.

Tom Veiga já foi office-boy, motorista de ambulância e até trabalhou com eventos. Ele conheceu Ana Maria Braga em 1995, quando organizava feirinhas de artesanato onde a apresentadora ia para divulgar o “Note e anote”, programa que ela comandava na TV Record. Convidado a integrar a equipe, Veiga aceitou e virou assistente de palco.

Fonte: Jornal Extra

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes