Cabeleireiro ateia fogo em prefeitura no interior de SP e diz à polícia que cometeu crime por estar sem trabalhar

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Um cabeleireiro de 46 anos vai ser investigado por dano qualificado após atear fogo na prefeitura de Ribeirão Branco (SP) na manhã desta quinta-feira (1º).

De acordo com o Executivo, o homem chegou ao prédio, localizado na Praça Antônio Rodrigues de Souza Sobrinho, no Centro, por volta das 10h. Com galão de gasolina, ele ateou fogo e fugiu.

Segundo funcionários, a ação levou cerca de 30 segundos. As chamas chegaram a danificar algumas paredes da entrada do prédio, mas controladas e ninguém ficou feriado. Como a prefeitura decretou ponto facultativo nesta quinta-feira, não havia expediente no local.

Nas redes sociais, a prefeitura postou uma nota de repúdio dizendo que estão muito tristes com o que acontece. “Nada justifica a violência”, afirmou o Executivo na postagem.

Ainda segundo o Executivo, no período da tarde, o homem compareceu na delegacia de Itapeva (SP), onde prestou depoimento e alegou que teria cometido o ato em um momento de crise, já que a prefeitura fez um decreto na quarta-feira (31) com medidas restritivas que impedem a abertura de comércio não essencial, além de atividades religiosas, aulas e atividades presenciais.

Fonte: G1 – Foto: Prefeitura de Ribeirão Branco/Divulgação

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes