Botucatu: Pais da menina Helena, que morreu após passar pelo PS Municipal Infantil, organizam uma ‘Passeata Pela Vida – A Saúde de Botucatu Pede Socorro’. “Lutarei por isso até último dia da minha vida”

Os pais da menina Helena, que faleceu no mês de março, após ter sido atendida e liberada do Pronto Socorro Municipal Infantil de Botucatu, seguem em busca de justiça pela morte de sua filha.

Jocimaria Oliveira Sales e Christian Luis Sales estão organizando uma “Passeata Pela Vida – A Saúde de Botucatu Pede Socorro” para o dia 14 de maio, sábado.

A concentração será às 19h30, em frente ao Portão do Cemitério Portal das Cruzes. Os manifestantes irão descer a Avenida Dom Lúcio até o Largo da Catedral.

“A população de Botucatu tem o dever cívico de cobrar melhorias dos serviços públicos de saúde, tanto para as gestantes, como para as crianças, idosos, pessoas com problemas cardíacos, diabetes, enfim, para toda a população que necessita de um atendimento médico de qualidade. Chega de mortes, pois não foi só minha filha que perdeu a vida por erro médico e por um sistema cheio de falhas, e sim várias outras vidas perdidas que não vieram a público. Chega de achar que só por que nas outras cidades o sistema de saúde é pior que o de Botucatu, que merecemos aceita qualquer tipo de atendimento e se contentar. Quantas pessoas mais vão ter que morrer para os governantes se mobilizarem? O sistema de saúde nos últimos tempos está sendo de total descaso com a população. Vamos lutar por um sistema de saúde justo para todos. Lutarei por isso até último dia da minha vida, faça parte desse movimento com a gente não deixe ninguém nos calar”, destacaram os pais de Helena, que completaram. “Juntos somos mais fortes”.

De acordo com apurado pela reportagem, a Polícia Civil de Botucatu realizando investigação sobre a morte da menina de 4 meses. Pessoas envolvidas estão sendo ouvidas e prestando seus depoimentos.

Jornal Leia Notícias