15 de junho, 2024

Últimas:

Botucatu: Homem condenado por roubo é inocentado da acusação de tentativa de homicídio

Anúncios

Na última quinta-feira, dia 6 de julho, ocorreu mais uma reunião do Tribunal do Júri de Botucatu. De acordo com a defesa do réu de 22 anos, era acusado de tentativa de homicídio seguida de roubo, cometida contra uma família proprietária de um sítio em Botucatu. Os fatos ocorreram em 15 de maio de 2019, e o réu encontrava-se preso desde então.

A denúncia do Ministério Público imputava ao réu a acusação de tentativa de homicídio qualificado, roubo com o uso de arma de fogo e lesões contra as vítimas. Após o julgamento, os jurados acataram a tese da defesa, que foi apoiada pelo representante do Ministério Público, negando que o acusado tenha tentado tirar a vida das vítimas. Com isso, ele foi absolvido da acusação de tentativa de homicídio qualificado.

Anúncios

Encerrada a competência do Tribunal do Júri, que considerou que o réu não teve a intenção de matar, a sentença foi proferida pela Juíza de Direito da 2ª Vara Criminal, Dra. Cristina Escher. Em relação aos três roubos confessados pelo réu, que envolveram três vítimas, privação de liberdade e o uso de arma, ele foi condenado à pena de 17 anos e 06 meses de reclusão.

A advogada Rita de Cássia Barbuio afirmou que a absolvição do crime de tentativa de homicídio qualificado, decidida em plenário pelos jurados, representa um ato de justiça. No entanto, em relação à pena aplicada pelos crimes de roubo, a defesa irá recorrer devido à dosimetria aplicada.

Anúncios

Na acusação, atuou o Promotor de Justiça Dr. Marcos Corvino. Já na defesa do réu, durante o julgamento, atuaram os advogados criminalistas Rita de Cássia Barbuio, José Roberto Pereira e Natália de Paula Medeiros.

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Na manhã desta sexta-feira, 14, a Polícia Civil realizou uma operação policial no Condomínio Cachoeirinha 2, em uma ação...

Categorias