Botucatu: Fiscais notificam lojas do comércio que estavam com “meia-porta” aberta e falam em multa de até R$ 15 mil por dia, segundo empresários

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Fiscais do Estado de São Paulo estão percorrendo os centros comerciais de Botucatu para verificar se as lojas estão cumprindo as determinações do Decreto, onde coloca a Cidade na Fase Vermelha do Plano São Paulo, a mais restritiva.

De acordo com informações de empresários, diversas lojas foram notificadas na manhã desta segunda-feira, 25, e informadas que poderão ser multadas em até R$ 15 mil por dia, caso não fiquem fechadas.

Esse valor passado pelos empresários à reportagem não foi confirmado pelo Estado.

Essas lojas notificadas, na Rua Amando de Barros, estavam com meia porta aberta, com fita proibindo a entrada de clientes, atendendo com o balcão na frente, em sistema Drive-Thru, mas foram informadas que não será permitido e que as portas devem ficar fechadas.

Os estabelecimentos comerciais, de acordo com o Decreto Municipal da Prefeitura de Botucatu só podem realizar atendimento online e delivery.

Veja o que fecha na fase vermelha:

  • Shopping centers galerias e estabelecimentos congêneres
  • Comércio (funciona apenas no Delivery)
  • Serviços em geral
  • Bares, restaurantes e similares (funciona apenas no Delivery)
  • Salões de beleza e barbearias
  • Academias e centros de ginástica
  • Eventos, convenções e atividades culturais, como cinemas e teatros
  • Concessionárias

Seguem funcionando, mediante protocolos de higiene e distanciamento

  • Atividades religiosas, como missas e cultos
  • Supermercados, padarias e açougues
  • Serviços de saúde, inclusive farmácias e clínicas, além de hospitais
  • Transportadoras, oficinas de automóveis e motos, postos de gasolina
  • Serviços de transporte público
  • Bancos
  • Pet shops

Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes