Botucatu: Exames confirmam que cachorra abandonada na rua pelo carro do Canil Municipal está doente, com anemia e alterações no fígado e rim

A cachorra que foi abandonada na rua pelo veículo do Canil Municipal de Botucatu na tarde da última segunda-feira, 18, e foi resgatada pela protetora Luciana Ferreira, passou por exames clínicos nesta terça-feira, 19.
Apesar de alguns comentários e informações – não oficiais – que o canil teria “liberado” a cachorra por ser um cão comunitário, após ter sido cuidada, os exames apontam que a cadela está com problemas de saúde.

“Ela ficou internada.
Apresenta alterações no fígado e rim. Ela está com anemia. Pode ter uma pancreatite. Ela será avaliada de novo. Está com alterações de ureia, e pode ser também cinomose – fará exames específicos para descartar ou confirmar. Ela está com dor e era nitido”, destacou a protetora.

Segundo a protetora, ela vai cobrar do município os gastos que teve com exames.
“Vou sim fazer o municipio ressarcir os gastos com ela. Que jamais devia ter sido colocada nas ruas”, disse.

Em nota, a Prefeitura disse que está “apurando o caso”.

Leia também