Aprenda a identificar e quantificar ganhos no uso da impressão 3D

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A impressão 3D é uma tecnologia que vem crescendo a cada dia e tem sido uma ótima forma de gerar dinheiro por conta da versatilidade da prototipagem rápida. Por isso, é importante estar atento e identificar os mercados nos quais apostar para ter ganhos, bem como para saber qual é a melhor forma de produção para que haja lucro no final do processo.

Com recursos praticamente ilimitados e a possibilidade de produzir uma peça de acordo com as especificações que a empresa ou alguém definiu, esta se tornou uma tendência com grande capacidade de lucro.

A impressão 3D é uma excelente forma de ganhar dinheiro, pois requer um investimento relativamente baixo.

Adquirir impressoras 3D pode ser caro, porém os materiais usados, o tempo de produção, a quantidade de peças prontas em um curto período deixa essa tecnologia mais viável. E, ao colocarmos na balança as vantagens se sobressaem, sendo difícil para os gestores optarem por não usar a impressão 3D.

 Portanto, iremos nos aprofundar no assunto para entender o que pode ser feito para aumentar a conversão de leads. Continue nesse artigo e você verá:

  1. Como lucrar com a impressão 3D;
  2. Compreenda o seu público-alvo;
  3. Mercados que a impressão 3D atende.
  1. Como lucrar com a impressão 3D

A prototipagem tridimensional é uma boa forma de gerar renda, pois é possível imprimir diversos itens para vender ou alugar.

Tendo como base que uma impressora custa em média US$ 10 mil, há maneiras de poupar dinheiro ao alugar o equipamento, sem precisar se preocupar com a manutenção. Isso já é algo que ajuda a ter, no processo final, um lucro maior. Pois o dinheiro gasto será menor do que o do custo de aquisição da impressora 3D.

Após a escolha da impressora, o segundo ponto a ficar atento é o da produção dos protótipos. Muitas vezes, os consumidores dessa prototipagem já têm o projeto pronto para a empresa apenas imprimir a peça.

Uma forma de ganhar mais dinheiro na produção é a sua empresa oferecer a criação dos projetos, desde o início, para os clientes. Portanto, o negócio consegue lucrar com as consultas sobre a ideia do protótipo e a impressão, lidando com a complexidade de todo o trabalho.

Os protótipos são a melhor maneira de lucrar com a impressão 3D. Afinal, esta é a etapa principal desse processo e muitas empresas cobram preços altos. E é neste momento, o seu negócio pode lucrar ainda mais. Com preços competitivos, as chances de os consumidores escolherem a sua marca aumentam e você terá mais projetos do que a concorrência. Ou seja, a sua empresa terá mais oportunidades de lucrar.

A versatilidade da impressão 3D é um dos maiores benefícios dessa tecnologia. Por isso, criar e vender são pontos fundamentais para a geração de dinheiro. Sendo assim, contar com essa versatilidade da prototipagem tridimensional e conseguir imprimir diversos objetos, desde raquete de tênis até instrumentos para auxiliar em procedimentos cirúrgicos, eleva o lucro.

Atualmente, é muito simples vender produtos online. Essa é a melhor forma de deixar seus produtos sempre à mostra para os clientes. Portanto, junte a versatilidade e as oportunidades que a era digital traz e a sua empresa terá um ganho adicional muito importante.

  • Compreenda o público-alvo

O primeiro passo a ser tomado é estabelecer o público-alvo da sua empresa. Depois disso, é fundamental que haja um estudo do mercado e que o negócio entenda como atender às necessidades deles e de seus clientes.

Após esse primeiro entendimento sobre o público-alvo, os clientes irão aparecer e é essencial causar uma boa primeira impressão. Esses consumidores ajudam a aumentar o fluxo de pessoas interessadas no seu negócio. É esse, o famoso “boca a boca”, um dos melhores tipos de propaganda, aquele em que os clientes indicam a sua empresa para os outros. Isso gera uma relação de confiança, a qual pode durar por muito tempo.

 Outra oportunidade de encontrar consumidores e entender o que eles buscam em um serviço ou produto é estar presente em diversos mercados, para que a empresa tenha mais visibilidade e não se prenda em apenas um nicho, já que a impressão 3D é versátil e possibilita a criação de protótipos que atendam diferentes áreas.

Além disso, é importante se lançar no mercado através de outras plataformas, como os marketplaces. Esse serviço virtual conecta com várias localidades e expande a atuação e a visibilidade da empresa.

Parcerias com outros sites para, em um primeiro momento, firmar-se no mercado, também é essencial para construir uma confiança e no futuro sua empresa ser mais independente em e-commerce, atendendo aos seus clientes da maneira que achar melhor.

  • Mercados que a impressão 3D atende

Esse item tem como foco quem está iniciando na prototipagem rápida e não sabe em qual mercado quer investir. Porém, nada impede que um empreendedor já consolidado esteja pensando em apostar em mais uma área e queira aprender a identificar os seus possíveis ganhos.

Por isso, listamos apenas alguns dos segmentos que mais andam chamando a atenção no mundo da impressão 3D:

  • Sapatos

Esse ainda é um campo a ser explorado. Para o público em geral, a impressão 3D é utilizada para a produção de chinelos, por exemplo, os Crocs. Porém, para os consumidores da área esportiva, é fundamental para que ofereçam novas tecnologias.

Neste caso, vamos além do visual. O foco está muito na praticidade da peça e o que ela pode fazer para auxiliar no aprimoramento dos resultados dos atletas.

  • Kits robóticos

Neste mercado, a criatividade reina. O mundo está cada vez mais tecnológico e abraçando a ideia de software e robôs para otimizar o tempo e atender às diversas necessidades. Por exemplo, a Alexa, da Amazon, é um dispositivo de comando por voz que apaga as luzes de casa, liga a televisão, arruma a temperatura do ar condicionado, entre outras funções.

Com essa popularidade, há espaço para experimentar e testar novas ideias as quais, no futuro, possam ser imprescindíveis na vida da população. Mas, para isso, é necessária muita criatividade e incentivo financeiro.

  • Adereço de filme

A indústria do cinema tem sido a principal fonte de renda para empresas de prototipagem tridimensional. Seja para a produção de protótipos usados nas filmagens ou para a impressão de artefato que os fãs querem ter em sua casa.

Por exemplo, os filmes de super-heróis cresceram muito desde os anos 2000 e, hoje, são um grande fenômeno. É um mercado que atende todas as faixas etárias. Muito procuram por réplicas do escudo do Capitão América ou action figure dos personagens para colecionar ou servir de decoração.

Esse é um mercado muito interessante de investir para poder lucrar. Porém, o desafio está na legalidade em torno da impressão e venda desses itens.

  • Peças de decoração

Neste caso, a comercialização desses objetos é mais fácil do que a de adereços de filmes, pois não há outra marca envolvida. Há infinitas possibilidades de produção neste mercado. Sejam vasos, suporte de vela, retratos, quadros para colocar pinturas, entre outras. A sua empresa pode ter o próprio designer ou contratar alguém que fique responsável por isso.

  • Joias e ornamentos

Atualmente, é mais comum vermos a criação de joias sob medida. Isso se tornou uma realidade pelo fato de as impressoras 3D baseadas em fotopolímero serem acessíveis na compra. É um processo bem simples, basta criar um design e mandá-lo para a impressora que usa cera de cura ultravioleta para dar a peça o brilho necessário.

Porém, apesar de simples, é um processo que demanda habilidade. Assim, é necessário dominar a arte de criar joias através da impressão 3D.

  • Brinquedos

Essa é um mercado importante e que já usa impressão 3D há algum tempo. Por exemplo, a marca LEGO utiliza a prototipagem rápida para a impressão das peças de montar. As possibilidades com a impressão de brinquedos são infinitas. Porém, para sair na frente dos concorrentes, a empresa deve, além de ser criativa, tornar seus brinquedos exclusivos para atrair mais clientes.

Em resumo, o estudo do mercado e do público-alvo é a melhor maneira de identificar e quantificar os custos. Análises mensais do andamento do negócio também são importantes para saber se as estratégias usadas pela empresa funcionam.

Quer saber mais sobre os resultados que a impressão 3D pode trazer para a sua empresa? A 3DCRIAR traz o máximo de informação e o que há de mais tecnológico para as indústrias.

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes