Após assédio, deputado Fernando Cury pode ser expulso do Partido Cidadania em até 15 dias úteis

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Reunião do Conselho de Ética do Cidadania instaurou na noite de ontem procedimento apuratório contra o deputado estadual Fernando Cury, flagrado em vídeos assediando a deputada Isa Penna dentro da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), na quinta-feira passada (17).

Mariete de Paiva Souza foi eleita relatora da representação assinada por Roberto Freire e Arnaldo Jardim, respectivamente presidentes do partido e do diretório estadual paulista. O colegiado do Cidadania é formado por nove titulares e três suplentes, sendo Mariete a única mulher.

“Ele terá prazo de até oito dias úteis para apresentar a defesa, a serem contados a partir do recebimento da notificação, que será enviada tanto para o endereço físico quanto para os endereços eletrônicos de Cury”, diz o Cidadania em nota. Cury terá até o dia 4 de janeiro para se defender. O relatório final deve ser apresentado até dia 10.

“A Comissão de Ética terá, então, 15 dias úteis para analisar o relatório, que será, posteriormente, submetido ao Diretório Nacional, já que o caso foi considerado, conforme o presidente do colegiado, Alisson Micoski, tema de relevância nacional. A próxima reunião remota está prevista para o dia 4 de janeiro, prazo final para Cury apresentar a defesa”, acrescenta o partido.

Roberto Freire afirmou ontem à reportagem: “Agora é com o Conselho de Ética. Eu não quero nem saber o que estão fazendo porque, no final, sou eu quem vai julgar e aplicar a punição que lhe couber, sendo a mais dura a expulsão.”

A Comissão de Ética da Alesp também atingiu o quórum necessário para investigar o deputado Cury. A previsão é de que a apuração na Casa tenha início dia 7 de janeiro.

LEIA MAIS: Novas imagens mostram que vice-presidente do Conselho de Ética testemunhou assédio de Fernando Cury na Alesp; assista

LEIA MAIS: Fernando Cury contrata agência especializada em crise após assédio na Alesp para cuidar da sua imagem. Empresa atendia a Odebrecht

Fonte: UOL  

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes