6 dicas para comprar seu novo smartphone

6 dicas para comprar seu novo smartphone

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O smartphone é um aparelho presente no dia a dia de muitas pessoas. Em muitos casos, sua presença é fundamental para que a pessoa possa trabalhar e se comunicar com os colegas de trabalho. O aparelho também é uma das formas diárias que as pessoas têm para se divertir e relaxar.

Contudo, ao escolher um modelo novo para comprar, não basta apenas optar por aquele de valor mais baixo. É necessário se atentar às características do aparelho, como se ele tem sistema iOS ou Android instalado, ou qual é a sua capacidade de armazenamento.

Neste texto, conheça um pouco mais sobre o que você precisa analisar para fazer a escolha ideal.

Sistema operacional

Os sistemas operacionais são as plataformas que realizam a interação entre o aparelho e o usuário, através de aplicativos e outras funções. Há no mercado uma variedade de opções, sendo que as principais são o sistema iOS (Apple), Android (Google), Blackberry e Windows (Microsoft).

O uso do sistema operacional ocorre de acordo com o desempenho multimídia, com o uso simultâneo de diversos aplicativos. Por isso, é necessário conhecer as características de cada um dos sistemas, para que você escolha aquele que melhor combine com suas necessidades.

Por exemplo, o iOS se destaca por ser funcional, intuitivo e veloz, além de ótimos gráficos. Porém, ele não é compatível com sites em Flash. O Android é reconhecido pela sua extensa lista de aplicativos disponíveis, além de ser compatível com sites em Flash.

O Blackberry não é um sistema recomendado para quem gosta de jogar no celular. Mas o seu teclado QWERTY facilita a digitação e ele conta com bons aplicativos para negócios. Por fim, o sistema Windows tem navegação rápida e eficiente, sendo ainda bom para jogos, mas sem a mesma diversidade que o sistema Android.

Processador

Além do sistema operacional, também é importante que o comprador esteja atento ao processador do smartphone. Ele é responsável por rodar o sistema e realizar as tarefas do aparelho.

Entre os aspectos que devem ser observados, um deles é a quantidade de núcleos. O chip pode ter quatro (quad-core), seis (hexa-core), oito (octa-core) ou mais núcleos. Quanto maior for esse número, maior é a capacidade do aparelho em realizar tarefas e processos simultaneamente.

Na questão de velocidade, a lógica é a mesma. Quanto maior for o valor dos GHz do aparelho, maior será o número de tarefas que cada núcleo pode fazer.

Memória RAM

Um aparelho que tenha pouca memória RAM passa a impressão que ele está travando toda hora e operando lentamente. Isso porque é nela que ficam os arquivos que estão sendo utilizados ao usufruir de algum aplicativo. Portanto, o desempenho do aparelho depende de uma boa memória RAM.

Assim, quem usa o celular com muitos aplicativos ou para jogar constantemente, não pode escolher um modelo com 1 ou 2 GB de memória RAM. O ideal, nesses casos, é preferível procurar modelos que tenham 8 ou mesmo 12 GB.

Armazenamento

Outra memória importante é em relação ao armazenamento do aparelho. Quanto maior ela for, também será a disponibilidade para instalar aplicativos e jogos, além de guardar arquivos como fotos e vídeos, e é onde fica instalado o sistema operacional. Os modelos mais básicos hoje contam com 16 GB, o que é considerado pouco nos padrões atuais.

Assim, é recomendado que o comprador procure por modelos com um tamanho intermediário de armazenamento, a partir de 64 GB. O tamanho pode ser ampliado com cartão de memória externo, para comportar mais arquivos.

Tamanho e modelo de tela

Avaliar a tela também é importante, já que é preciso se atentar ao tamanho e a resolução do modelo. A tela de aparelhos intermediários, hoje, já contam com resolução HD e HD+, enquanto smartphones mais caros contam com telas de características Full HD, Full HD+ e 4K.

Os modelos com telas do gênero OLED e AMOLED são mais caros, mas apresentam cores mais vivas e maior contraste. O padrão de taxa de atualização é de 60 Hz (ou 60 quadros por segundo), enquanto os modelos mais avançados contam com um display de 90 e 120 Hz. Isso deixa a movimentação mais fluida, ideal para quem costuma jogar no aparelho.

Bateria

Por fim, é necessário ficar de olho em mais um aspecto que preza pela comodidade do usuário: a bateria. Ela é fundamental para que você possa usá-lo na rua ou mesmo em casa e no trabalho, sem carregá-lo na tomada.

Modelos intermediários contam com baterias de cerca de 4000 mAh. Aparelhos de 5000 mAh ou mais são considerados com baterias de grande capacidade, com maior duração de funcionamento independente.

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes