Zelensky descreve como ‘inaceitável’ envio de turbina da Nord Stream à Alemanha

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, afirmou nesta segunda-feira (11) que o envio de turbinas pelo Canadá necessárias para o funcionamento do gasoduto russo Nord Stream 1 à Alemanha era “inaceitável”. Também anunciou a convocação do embaixador canadense em Kiev.

“O Ministério de Relações Exteriores convocou o enviado do Canadá em nosso país em razão de uma exceção absolutamente inaceitável ao regime de sanções contra a Rússia”, declarou Zelensky em sua mensagem diária no Telegram.

O presidente ucraniano afirmou que a Rússia verá este envio como “uma demonstração de fraqueza”. Para ele, “não há dúvida de que a Rússia tentará não apenas reduzir ao máximo o envio de gás à Europa, mas também impedi-lo no momento mais crítico”.

No sábado, o Canadá decidiu, apesar das sanções impostas à Rússia, devolver à Alemanha as turbinas do gasoduto russo Nord Stream que estavam sendo reparadas no país, ignorando os pedidos de Kiev para que não “caísse nas chantagens do Kremlin”.

A gigante russa Gazprom começou na manhã de segunda-feira trabalhos de manutenção do Nord Stream 1, que transporta grande parte do gás que ainda fornece à Alemanha e a outros países da Europa Ocidental.

“O Nord Stream está parado (…), o que significa que o gás deixou de circular”, confirmou nesta segunda à AFP o Ministério de Economia alemão.

A desativação por dez dias de duas tubulações seria, teoricamente, uma formalidade técnica. Mas no contexto da guerra na Ucrânia e a queda de braço entre a Rússia e os ocidentais na questão energética, nada pode prever o que está por vir.

Fonte: Yahoo!