Senador dos EUA pede para Biden ‘recalibrar’ estratégia com o México

O influente senador democrata americano Bob Menendez pediu nesta segunda-feira (11) para o presidente Joe Biden “recalibrar” a estratégia política com o colega mexicano, Andrés Manuel López Obrador, para avançar em temas como imigração, tráfico de drogas, segurança e democracia.

O presidente Biden “tentou ter uma relação respeitosa” com López Obrador e o México, mas, segundo Menéndez, em algum momento é necessário avaliar se há avanços em uma agenda mútua, “no que se refere à segurança, tráfico de drogas, imigração, promover a democracia e o respeito aos direitos humanos” nas Américas.

Durante uma coletiva de imprensa, o presidente do Comitê de Relações Exteriores do Senado também expressou preocupação nos Estados Unidos com a violência contra jornalistas no México, onde 12 repórteres foram assassinados em 2022, e com a “redução da independência do sistema judicial”.

“Todos esses pontos são elementos que precisamos debater, mas se (a política) não está funcionando da maneira como está sendo conduzida com um país é preciso pensar se é necessário recalibrar para uma forma que possa ter mais êxito”, completou.

López Obrador participará nesta terça-feira de uma reunião bilateral com Biden na Casa Branca com foco na imigração, inflação e segurança.

A relação entre os dois vizinhos não vive seu melhor momento desde a ausência do presidente mexicano na Cúpula das Américas em Los Angeles, em junho, em protesto à recusa dos Estados Unidos em convidar os governos de Cuba, Venezuela e Nicarágua.

Além disso, a reforma energética promovida por López Obrador bloqueia bilhões de dólares de investimentos e o México é “a principal fonte” do tráfico de fentanil para os Estados Unidos, segundo a Comissão de Combate ao Tráfico de Opioides Sintéticos.

Menéndez espera que a visita constitua “uma oportunidade para estreitar os laços” entre os dois países.

Fonte: Yahoo!