Zeca Pagodinho está internado com Covid no Rio

O cantor Zeca Pagodinho foi internado no último sábado (14) com sintomas de Covid no Rio de Janeiro.

Zeca Pagodinho tem bom estado geral, segundo boletim médico — Foto: Guto Costa
Zeca Pagodinho tem bom estado geral, segundo boletim médico — Foto: Guto Costa

Segundo a Casa de Saúde São José, no Humaitá, na Zona do Rio, “o paciente apresenta bom estado geral, com sintomas leves, sem necessidade de suporte de oxigênio”.

Vacina

VÍDEO: Entenda por que é possível pegar Covid mesmo com 2 doses da vacinahttps://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Zeca já recebeu a 2ª dose da vacina contra Covid, em julho. Na ocasião, ele chegou a cantar enquanto era imunizado: “Vai vacinar, vai vacinar”.

Nenhuma vacina oferece proteção de 100% contra doenças, mas todas reduzem o risco de infecção, hospitalização e morte, principalmente depois da segunda dose.

É importante lembrar que vacinas funcionam, mas não são infalíveis. Ainda assim, apesar de a probabilidade de infecção após a vacina ser pequena, quanto mais a doença estiver circulando, maior é o risco de o imunizante falhar. Por isso a necessidade de vacinar o maior número de pessoas possíveis o quanto antes.

Zeca Pagodinho parte para a segunda dose cantando: 'Vai vacinar, vai vacinar'
Zeca Pagodinho parte para a segunda dose cantando: ‘Vai vacinar, vai vacinar’

Na segunda, no início de julho, o cantor fez um apelo para que todos tomem as doses necessárias para se imunizar.

“Tem que voltar. Tem que tomar a segunda, a terceira, quantas tiver. Tem que tomar por causa das crianças, dos idosos”, disse Zeca, que em seguida convidou todos para tomar a vacina, cantando no mesmo ritmo do refrão de um de seus sucessos, “Vai Vadiar”:

“Vem vacinar, vem vacinar”, cantou.

Zeca também disse que estava ansioso pela volta dos shows e das apresentações.

“Daqui a pouco ajeita”, profetizou. “Eu tenho pavor de injeção, e tava louco para tomar isso. Olha que legal”, disse após tomar a vacina.

Zeca tomou a primeira dose da vacina em abril. Na ocasião, ele disse que estava aliviado.

G1

Scroll Up