Você já ouviu falar em ‘Síndrome de Fim de Ano’? Especialista explica como lidar com a tristeza

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Enquanto uma parte da população fica mais feliz e cheia de esperanças com o início de um novo ano, um novo ciclo, outra parte é atingida por sentimentos como ansiedade e tristeza.

Os sintomas estão relacionados ao período do fim de novembro até o final de janeiro. Segundo Alexander Bez, psicólogo especialista em relacionamentos pela Universidade de Miami e em ansiedade e síndrome do pânico pela Universidade da Califórnia, ao mesmo tempo em que essas festas de final de ano trazem sentimentos bons, também podem trazer confusões sentimentais em nossa vida principalmente por conta do momento complicado que a humanidade vivencia atualmente.

Esses períodos de festas pode afetar bastante a saúde mental, principalmente porque estamos vivendo um ano atípico. Durante o Natal, o espírito é a de união e participação. No ano novo, esperança e alegria. Com a pandemia e consequentemente o distanciamento, os sentidos acabam se perdendo, as estruturas das festas estão sendo corrompidas”, afirma o psicólogo.

Para o especialista, a melhor maneira de evitar esses transtornos é a compreensão. É necessário que entenda que todos estamos passando por isso juntos, a autocobrança acaba se tornando desrespeitosa consigo mesmo. Use sua energia para o que tem de bom, reconheça que você é uma pessoa especial e passará por mais essa adversidade.

Seja grato com você mesmo, cultive o que tem de melhor. Com certeza, essas forças podem ajudar no fortalecimento da sua saúde emocional”, pontua Alexander. 

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes