Vereador denunciado por ofender jornalista com comentário machista retorna ao cargo em Pardinho

O vereador Celio de Barros, o Celião (PSDB), que foi afastado pela Câmara Municipal de Pardinho (SP) por quebra de decoro parlamentar após denúncia de injúria contra uma jornalista do município retornou ao cargo. Celio foi afastado no dia 6 de abril em uma sessão da Câmara.

Segundo a denúncia feita pela própria jornalista, Celião, que também é presidente da Comissão Especial de Inquérito (CEI) aberta para investigar outro vereador envolvido em uma denúncia de desvio de verba pública, teria criticado a jornalista durante uma sessão da CEI e emitido um comentário de tom machista e ofensivo.

Na ocasião, o áudio com as ofensas, entregue junto com a denúncia, circulou pelas redes sociais da cidade. O vereador disse o seguinte durante os trabalhos da CEI: “quando eu estava de prefeito, ela [jornalista] só faltava dar para mim”.

Vereador Célio de Barros (PSDB) suspeito de ofender jornalista com comentário machista retornou ao cargo — Foto: Reprodução/Câmara de Pardinho
Vereador Célio de Barros (PSDB) suspeito de ofender jornalista com comentário machista retornou ao cargo (Foto: Reprodução/Câmara de Pardinho)

Segundo apurado pela reportagem, Celio conseguiu uma liminar, dada pelo relator Bandeira Lins, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) para retornar nesta quinta-feira (19) ao trabalho.

O TJ-SP atendeu ao pedido do vereador por entender que ele não apresenta riscos no processo que foi aberto contra ele na Câmara Municipal pela jornalista.

Ele já havia tentado voltar ao trabalho, além de abrir um pedido para cancelar o processo de cassação. Mas a Justiça negou essa primeira tentativa.

Fonte: G1