Veja quem são as vítimas de acidente com time de futsal no Paraná; vídeo

Duas pessoas morreram em um acidente com o ônibus do time do Umuarama Futsal, do noroeste do Paraná, na BR-376, em Guaratuba, no litoral do estado, nesta quinta-feira (8). Outras 20 pessoas ficaram feridas no acidente, segundo a polícia.

O motorista Osvaldo Silva, que tinha 73 anos, e o coordenador das categorias de base do clube, Paulo Vitor Gonzales, que tinha 30 anos, morreram na batida.

Um vídeo registrou o momento em que o ônibus tombou na rodovia.

O técnico da equipe, Nei Victor, estava no ônibus e disse que o time viajava para Jaraguá do Sul, onde disputaria uma partida pela Taça Brasil de Futsal. O time catarinense emitiu uma nota informando o cancelamento da partida.

Nei Victor afirmou que os motoristas disseram que o veículo estava sem freio momento antes da batida. O condutor entrou em desespero e, ainda segundo o técnico do Umuarama Futsal, gritou que o freio estava sem ar.

Paulo Vitor

Paulo Vitor Golzales Debia era coordenador da base do Umuarama Futsal — Foto: Umuarama Futsal/Divulgação
Paulo Vitor Golzales Debia era coordenador da base do Umuarama Futsal (Foto: Umuarama Futsal/Divulgação)

Paulo Vitor, ou Vitinho como era conhecido, estava na há cinco anos trabalhando no Umuarama Futsal. Ele começou como professor em um projeto social do time que atende 500 crianças e jovens, de 6 a 17 anos, em 10 núcleos de futsal.

Ao se destacar como professor de um dos núcleos, Vitinho se tornou coordenador das categorias de base do Umuarama Futsal. Era responsável pelo times que participavam do Campeonato Paranaense, como sub 17, sub 19 e sub 15.

Além disso, também ajudava na coordenação do time feminino do Umuarama Futsal.

Por amar o que fazia e ser próximo do técnico Nei Victor, Vitinho sempre viajava com a equipe principal. Era assim que aprendia e ganhava mais experiência.

A namorada de Vitinho contou que ele estava realizando um sonho.

“Meu mundo desabou, perdi a minha metade, a minha família”, disse Marília Gabriella Marrique Da Silva.

“Ele estava no melhor momento da vida, ele amava o que fazia”, afirmou a namorada.

A direção do Umuarama Futsal detalhou que os corpos das duas vítimas foram liberadas do IML de Curitiba no fim da tarde desta quinta-feira.

A previsão é de que os corpos cheguem em Umuarama na manhã de sexta-feira.

O velório de Paulo Vitor será realizado no Ginásio Municipal Amario Vieira da Costa.

A direção do time não soube informar se o corpo de Osvaldo da Silva será velado em Umuarama ou se em Perobal, onde ele morava.

Osvaldo da Silva

Osvaldo, tomando um refri, e Augusto Duarte em uma viagem a trabalho — Foto: Augusto Duarte/Arquivo pessoal
Osvaldo, tomando um refrigerante, e Augusto Duarte em uma viagem a trabalho (Foto: Augusto Duarte/Arquivo pessoal)

O condutor era Osvaldo da Silva, tinha 73 anos, 42 anos de profissão e quatro filhos. Estava aposentado. O amigo, Augustinho Duarte, conta que os dois trabalharam juntos por 25 anos, passavam mais dias juntos do que com as próprias famílias, e quase todos os dias se visitavam, eram como irmãos.

Na quarta-feira (7) , antes de Osvaldo embarcar no ônibus, os dois conversaram por telefone por mais de 20 minutos.

“Ele me ligou seis vezes, mas não atendi. Quando vi as ligações achei que tivesse acontecendo alguma coisa, mas era só para colocar a conversa em dia. Falamos por 20 minutos. Ele estava diferente dos outros dias, estava muito feliz, disse que quando voltasse dessa viagem a gente ia comer uma galinha caipira. Analisando agora, acho que foi uma despedida. “, contou Augustinho Duarte.

Duarte diz que Osvaldo era bem reservado, uma pessoa honesta e muito parceiro.

“Ele vai fazer muita falta”, disse.

Feridos

Parte dos feridos do acidente voltam ainda na noite desta quinta-feira para a Capital da Amizade.

A direção informou que são 13 pessoas, entre atletas e comissão técnica.

Um motorista, quatro jogadores e dois membros da comissão técnica seguem internados em observação.

Fonte: G1

Scroll Up