Tom Brady desiste de aposentadoria e seguirá jogando na NFL

O maior jogador de futebol americano de todos os tempos, Tom Brady, anunciou que não irá mais se aposentar e vai disputar mais uma temporada da NFL pelo Tampa Bay Bucaneers. Em fevereiro, o quarterback de 44 anos havia afirmado que encerraria a carreira. Porém, nesse domingo, em suas redes sociais, o quarterback explicou o motivo de ter revisto a decisão:

– Nos últimos dois meses percebi que meu lugar ainda é no campo e não nas arquibancadas. Essa hora vai chegar. Mas não é agora. Eu amo meus companheiros de time e amo minha família que me apoia. Eles tornam tudo isso possível. Estou voltando para minha 23ª temporada em Tampa. Negócio inacabado – escreveu Brady, finalizando com a sigla “LFG”, que ele usa muitas vezes e significa “Let’s f***ing go”, ou seja, em português, “Vamos, p***a”.

Brady já havia dito no início do ano que a decisão final sobre a carreira seria tomada depois de conversar com a família e com a esposa, a modelo brasileira Gisele Bundchen. Na carta do adeus, o camisa 12 inclusive escreveu em português para ela: “Te amo amor da minha vida”. Juntos, Brady e Gisele têm dois filhos, Vivian e Benjamin. O jogador ainda é pai de Jack, fruto de outro casamento.

No sábado, Brady encontrou o jogador português de futebol Cristiano Ronaldo e deixou no ar o retorno aos campos quando questionado sobre a aposentadoria.

Thomas Edward Patrick Brady Jr. foi draftado pelo New England Patriots em 2000, apenas na sexta rodada, sendo a 199ª escolha geral. Ao lado do técnico Bill Belichick, ele mudou a cara da franquia de Boston. Juntos, conquistaram seis Super Bowls. Em 2020, Brady procurou novos desafios, trocou o frio de New England pelo calor de Tampa Bay e conseguiu mais um feito inédito pra sua coleção de recordes. Levou os Buccaneers ao título da NFL 2020/21 jogando em seu próprio estádio, o que nunca havia ocorrido na liga. Depois de 22 temporadas e uma cadeira certa no Hall da Fama, Brady é considerado por muitos o maior jogador de futebol americano de todos os tempos.

Na última temporada, Brady levou os Buccaneers aos playoffs da NFC, mas o time foi superado pelo Los Angeles Rams na série divisional.

Curiosamente, nesse domingo, também foi leiloada por R$ 2,6 milhões a bola do que teria sido o último passe para touchdown da carreira de Brady. E mês passado, a lenda do futebol americano tinha anunciado que fará parte de um filme que ele mesmo produziu. O longa-metragem, chamado “80 for Brady”, marcará a estreia do quarterback em Hollywood. O filme é inspirado em uma história real que conta a trajetória de quatro melhores amigas, já na terceira idade, fãs do New England Patriots. O quarteto embarca em uma viagem arrasadora para o Super Bowl de 2017 para ver seu herói, Tom Brady, jogar – nesse mesmo ano, Brady comandou uma virada histórica, que terminou com vitória sobre o Atlanta Falcons, por 34 a 28.

O dono de sete Super Bowls marcará presença em Hollywood no filme que será dirigido por Kyle Marvin, que também coescreveu o roteiro com Michael Covino. Brady esteve profundamente envolvido no início do projeto, escrevendo-o ao lado de Donna Gigliotti e Endeavor Content. Ainda não há uma data prevista de lançamento, mas a produção deve se iniciar no começo de junho deste ano. Ao menos era essa a previsão antes de Brady anunciar que não vai mais se aposentar.

Também no início do mês passado, houve uma grande especulação sobre a “não-aposentadoria” de Brady. O jornalista norte-americano Mike Florio afirmou no programa de TV “Pro Football Talk Live”, da NBC, que teria tido acesso a um e-mail que indica que Brady não vai deixar os campos. Florio, inclusive, afirma que o destino de Brady seria na Califórnia, como quarterback titular do San Francisco 49ers. De acordo com o jornalista da NBC, Brady estaria passando por uma “crise de meia idade” e deve voltar para o seu primeiro amor, que é o time dos Niners. Nascido em San Mateo, na California, cidade perto a área de São Francisco, Brady cresceu torcendo para os 49ers. Neste domingo, no entanto, Brady anunciou que permanece em Tampa.

Para se ter uma ideia do tamanho de Tom Brady na NFL, ele tem mais títulos que qualquer uma dos 32 times da liga. As franquias com mais troféus Vince Lombardi são Pittsburgh Steelers e New England Patriots, ambas com seis cada, uma a menos que Brady. Só lembrando que todas as conquistas dos Pats foram lideradas pelo quarterback.

Tom Brady — Foto: AFP
Tom Brady (Foto: Divulgação)

Fonte: G1