Temporal coloca a cidade de São Paulo em estado de atenção para alagamentos

A chuva forte colocou a cidade de São Paulo em estado de atenção para alagamentos por volta das 18h desta sexta-feira (15), segundo os critérios do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) da Prefeitura de São Paulo.

O órgão alertou ainda para a possibilidade de queda de granizo na Zona Norte e para a previsão de chuvas alternadas com períodos de melhoria, com potencial para rajadas de vento, em toda a capital.

Todas as regiões, exceto o extremo sul da cidade, entraram em estado de atenção, segundo o CGE. Os meteorologistas destacaram que as chuvas vindas do interior por conta da propagação de uma frente fria devem se espalhar por toda a região metropolitana nas próximas horas.

O temporal já provocou efeitos na Zona Sul da capital: no Brooklin, houve um curto circuito na fiação aérea da Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, que interrompeu o trânsito na via na altura da Rua James Watt.

Por volta das 18h40, o CGE registrou dois pontos de alagamento transitáveis na capital, ambos localizados na região da Avenida Pacaembu, no Centro.

Segundo a prefeitura, desde as 17h da última quinta-feira (14) até as 17h20 da tarde desta sexta, foram atendidas 37 ocorrências de queda de árvores na cidade.

Previsão do tempo

No sábado (16), a previsão é a de que o tempo esteja fechado e chuvoso em razão da propagação de uma frente fria pelo oceano que se junta às instabilidades.

Deve haver períodos de melhoria, mas, segundo o CGE, as temperaturas não sobem muito: mínimas em torno dos 17°C e máximas de 25°C. Também haverá risco para formação de alagamentos e queda de árvores.

Fonte: G1 – Foto: Renata Bitar/g1 SP

Scroll Up