Suspeito de enterrar cachorro vivo, internado em Botucatu, se apresenta à polícia e é liberado

O homem suspeito de enterrar um cachorro vivo às margens da Rodovia Antônio Romano Schincariol, entre Boituva e Tatuí (SP), se apresentou à polícia nesta quinta-feira (16). O suspeito, que é dono do animal, foi liberado após prestar depoimento, mas será investigado pelo crime de maus-tratos.

Leia Mais:

Internado em Botucatu, cachorro que foi enterrado vivo passa por cirurgia de 5 horas para reconstrução do pescoço

Cachorro enterrado vivo está internado em Botucatu. “Foi lançado para morte”, diz presidente de ONG

Casal encontra cachorro enterrado vivo às margens de rodovia no interior de SP

De acordo com o delegado responsável pelo caso, José Luiz Silva Teixeira, o dono do animal confessou que enterrou o cão, mas disse que acreditava que estivesse morto. O cão estava desnutrido e com um corte profundo no pescoço quando foi resgatado.

Polícia Civil de Tatuí — Foto: Adolfo Lima/TV TEM
Polícia Civil de Tatuí (Foto: Adolfo Lima/TV TEM)

Fonte: G1

Últimas

Streaming faz com que o sertanejo e os artistas nacionais ganhem espaço no cenário musical

25 out 2021

Os anos 2000 foram marcados pelo sucesso do rock e também da música pop. Alguns artistas...

Categorias

Scroll Up