24 de junho, 2024

Últimas:

Servidores municipais realizam manifestação e paralisam atividades em Bauru

Anúncios

Os servidores municipais de Bauru (SP) fizeram uma manifestação na tarde desta quinta-feira (30) em frente à Praça das Cerejeiras. Eles pedem por um reajuste salarial acima dos 6% propostos pela prefeitura.

Com cartazes e carro de som, cerca de 500 funcionários participaram da ação para cobrar uma resposta, por parte da prefeitura, à contraproposta feita pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bauru e Região (Sinserm) na última sexta-feira (24), que pede um aumento de 12% nos salários dos trabalhadores.

Anúncios

Segundo o sindicato, cerca de outros mil servidores também paralisaram as atividades nesta quinta. A prefeitura informou que alguns serviços da Secretaria de Educação foram afetados pela paralisação, mas não deu detalhes. Os serviços da Saúde não foram impactados.

O sindicato deu até o final da tarde desta sexta-feira (31) para a prefeitura responder à contraproposta. Caso não recebam resposta, os servidores devem paralisar as atividades por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira, 4 de abril.

Anúncios

Servidores municipais realizam manifestação e paralisam atividades em Bauru (SP) (Foto: Reprodução)

Em nota, a prefeitura disse que “o índice de reajuste concedido aos servidores neste ano, de 6% de aumento nos salários e no vale-alimentação, portanto acima da inflação acumulada no ano passado, de 5,79%, é o limite máximo que o município pode oferecer. Isso porque todos os aumentos de salário geram impacto na Fundação de Previdência dos Servidores Públicos Municipais Efetivos de Bauru (Funprev)”.

Disse ainda que a Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano e Rural de Bauru (Emdurb) “não poderá dar um reajuste acima deste índice, e ainda precisará da aprovação dos projetos de lei que a prefeitura enviou para a Câmara Municipal para readequação de receitas e despesas, de forma a cumprir este e outros compromissos”.

A nota diz ainda que, no último ano, a prefeitura concedeu um reajuste de 10,06% nos salários dos servidores e que, no atual governo, o vale-alimentação dos funcionários ativos passou de R$ 500,00 para R$ 1.000,00, e agora vai para R$ 1.060,00. “Por fim, a prefeitura lembra que contratou a revisão dos Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), e após a conclusão desta revisão, analisará como poderá melhorar os vencimentos de cada categoria”, finaliza.

Fonte: G1

Talvez te interesse

Últimas

Entre os temas centrais do evento estão: ética e inteligência artificial, diversidade e inclusão, saúde e mental e bem-estar, felicidade...

Categorias