Seleção feminina de basquete perde para a Austrália e está fora da Olimpíada

A missão era difícil: derrubar a seleção número 2 do mundo e, automaticamente, quebrar um jejum de 18 anos sem vitórias diante da Austrália. O Brasil teve uma postura bastante agressiva, especialmente no início do jogo. Mas faltou calibrar a pontaria e, no fim do último quarto, manter o controle emocional. Dessa forma, o resultado não veio, e a classificação para Tóquio 2020 também não. Derrota por 86 a 72.

Desde Barcelona 1992, essa será a primeira vez que as brasileiras ficam fora da Olimpíada.

O Brasil pagou caro pelos dois resultados negativos no início do Pré-Olímpico disputado em Bourges, na França, primeiro contra Porto Rico, quando perdeu por um apenas dois pontos (91 a 89) no duelo que, em teoria, era o mais tranquilo e, na sequência, diante da França (89 a 72). Dos quatro times da chave da seleção brasileira, apenas um não se garantiria para os Jogos no Japão. E essa equipe foi o Brasil. Avançaram, no fim das contas, Austrália, França e Porto Rico.

– Se você avaliar o resultado, é muito ruim. O Brasil ficou fora da Olimpíada. Se você avaliar o trabalho, vê que a gente merecia. É triste pelo trabalho, pelo que a CBB vem fazendo com o apoio do COB. Fico triste por mim, pelas meninas. Vim para ajudar e acho que consegui ajudar a chegar até esse ponto, mas cheguei no limite. As meninas merecem, o basquete feminino merece – lamentou o técnico José Neto, sem querer cravar também se permanecerá no comando para o futuro.

Situação do Masculino

Ainda há possibilidade de classificação para a seleção masculina de basquete. Juntamente com outras 23 equipes, o Brasil disputará uma das quatro vagas ainda em aberto para Tóquio 2020. No Pré-Olímpico, os brasileiros vão jogar em Split, na Croácia, contra a equipe da casa e a Tunísia. A estreia vai ser contra os tunisianos, no dia 23 de junho. No dia seguinte, o rival é a seleção da casa. Os dois melhores avançam e enfrentam os dois melhores da outra chave, com Rússia, Alemanha e México. Apenas o campeão da sede garante vaga em Tóquio.

Fonte: G1

Scroll Up