Botucatu: Programa sexual termina com agressão e vira caso de polícia

Um programa sexual em uma residência no Bairro Califórnia, I em Botucatu, virou caso de Polícia, na última quarta-feira (5) .

De acordo com a Polícia Militar e Civil, uma mulher de 30 anos foi agredida pelo seu cliente de 58 anos, após ter feito sexo com ele e não receber o valor de R$ 300 pelo programa.

A Polícia foi chamada após a vítima gritar por socorro.

No local, o homem afirmou que levou a garota de programa para sua casa e ao procurar pelo dinheiro que estava em sua carteira dentro do armário, disse que havia sido furtado, acusando a mulher pelo crime.

Em seguida, as agressões mútuas tiveram inicio. Os seguranças do condomínio acionaram a Polícia que conteve as agressões.

Em revista pessoal, foi localizada a quantia de R$ 250,00 com a mulher e R$ 360,00 com homem. Não foi encontrado nenhum valor supostamente furtado pela mulher.

De acordo com a Polícia Militar , o homem estava completamente embriagado, sem condições de prestar depoimento no momento. Foi feito um termo circunstanciado dos fatos e expedida as requisições ao IML. O caso será acompanhado pela Polícia Civil de Botucatu.

Leia Notícias com FM Integração

Scroll Up