São Paulo empata com o Juventude em Caxias do Sul

O São Paulo viu a sua sequência de vitórias no Campeonato Brasileiro chegar ao fim. Na tarde deste domingo, o Tricolor ficou apenas no empate de 1 a 1 com o Juventude, fora de casa, pela 18ª rodada do torneio. Reinaldo colocou os visitantes na frente, mas Ricardo Bueno deixou tudo igual.

Com o resultado, o clube paulista, que vinha de três triunfos seguidos, estacionou na 12ª colocação, com 22 pontos. O Ju aparece logo atrás, em 13º, com 21.

O São Paulo volta a campo agora apenas no dia 12 de setembro, quando encara o Fluminense, no Maracanã, às 16 horas (de Brasília), pela 20ª rodada. Isso porque o time teve o seu jogo da próxima rodada adiado por conta da data Fifa. O Juventude também visita os cariocas, mas nesta quinta-feira, às 19h, em embate atrasado da 14ª rodada.

A primeira etapa começou em um ritmo lento no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, com os dois times errando muitos passes e comentando muitas faltas. Com isso, a alternativa encontrada por Matheus Jesus foi chutar de longe. Aos sete minutos, o meia partiu com liberdade e arriscou da intermediária, assustando o Tiago Volpi, que apenas observou a bola passar pela direita.

Já aos 27, foi a vez de Guilherme Castilho tentar. Em cobrança de falta, o volante acertou a rede pelo lado de fora.

Do outro lado, o Tricolor até tinha a posse de bola, mas encontrava dificuldades para furar a forte marcação dos adversários. Dessa forma, a primeira finalização do time saiu apenas aos 30 minutos. Rigoni recebeu grande passe de Luan e arrematou cruzado, dando trabalho para Marcelo Carné. Na sequência, Luciano foi acionado na área, girou e mandou por cima da meta.

Na volta do intervalo, os times voltaram mais ligados, principalmente o São Paulo. Aos seis, Igor Vinícius recebeu cruzamento de Rigoni e chutou de primeira. Atento, Carné fez boa defesa. Quatro minutos depois, Benítez bateu bonito da entrada da área e tirou tinta do travessão. Depois, aos 16, o argentino cobrou escanteio fechado e obrigou o goleiro a espalmar para longe.

O Juventude respondeu aos 27. Ricardo Bueno disputou no alto com Miranda depois de cobrança de escanteio e levou perigo.

A partir de então, os visitantes intensificaram a sua pressão em busca de um tento salvador, que saiu aos 39 minutos. Igor Gomes recebeu em profundidade na área e foi derrubado por Marcelo Carné. O árbitro, então, marcou pênalti. Na cobrança, Reinaldo estufou a rede e colocou os paulistas na frente.

Os mandantes, no entanto, foram rápidos na reação. Aos 46, Ricardo Bueno aproveitou a cobrança de falta, dominou sozinho na segunda trave e chutou forte para decretar o empate.

JUVENTUDE 1 X 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Data: 29 de agosto de 2021, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglesias Araújo Silva (PI)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Cartões amarelos: Ricardo Bueno e William Matheus (Juventude); Léo, Luan, Igor Vinícius, Luciano e Miranda (São Paulo)

GOLS: Ricardo Bueno, aos 46 do 2ºT (Juventude); Reinaldo, aos 39 do 2ºT (São Paulo)

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Michel, Vitor Mendes (Didi), Quintero (Capixaba), Forster e William Matheus; Matheus Jesus (Roberson), Castilho e Wagner (Chico); Sorriso (Bruninho) e Ricardo Bueno.
Técnico: Marquinhos Santos.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Luan, Nestor (Igor Gomes), Benítez (Sara) e Reinaldo; Rigoni (JUan) e Luciano (Eder).
Técnico: Hernán Crespo.

Fonte: Yahoo! – Foto: Fernando Alves/EC Juventude

Scroll Up