São Paulo empata com o Fortaleza no Castelão

Fortaleza e São Paulo empataram em 1 a 1 nesta quarta-feira, no Castelão, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor saiu atrás graças ao gol de Robson, mas, já nos acréscimos do segundo tempo, conseguiu igualar em linda cobrança de falta de Benítez, mais precisamente aos 48 minutos.

Com o resultado, o Tricolor figura na 14ª colocação e vê o sonho da Libertadores ficar cada vez mais distante, já que não consegue embalar uma sequência de vitórias. O Fortaleza, por sua vez, segue brigando pelo G4 do Campeonato Brasileiro.

Agora, o São Paulo volta o foco para o duelo com o Flamengo, no próximo domingo, no estádio do Morumbi. O Fortaleza, por sua vez, terá pela frente o Red Bull Bragantino, fora de casa, no sábado.

O São Paulo começou a partida mais pilhado e tentou marcar presença no ataque. Com toques rápidos, Gabriel Sara teve a primeira chance logo no início do jogo em chute de fora da área, mas faltou pontaria. Pouco depois foi a vez de Rodrigo Nestor experimentar de longa distância, mas também não conseguiu acertar o alvo.

O Fortaleza, por sua vez, incomodou com Depietri ao longo do primeiro tempo. Era o atacante argentino quem criava problemas para a defesa do São Paulo. Primeiro, ele apareceu pela direita, fazendo bom cruzamento para o meio da área, mas Bruno Alves afastou providencialmente. Depois, ele arriscou dois chutes de fora da área. Um foi defendido por Volpi, e o outro saiu pela linha de fundo.

Com o passar dos minutos, o São Paulo caiu de produção. O Fortaleza, quando tinha a bola, também não conseguia criar grandes oportunidades. Desta forma, as duas equipes acabaram indo para o intervalo com o empate sem gols.

No segundo tempo, bastou uma desatenção da defesa do São Paulo para o Fortaleza abrir o placar. Depietri chegou na linha de fundo pela esquerda e cruzou para o meio da área, achando Robson, que completou de primeira para o fundo das redes, sem chance para Tiago Volpi.

A partir de então o São Paulo foi obrigado a se jogar para o ataque, mas tinha dificuldades para furar o sistema defensivo do Fortaleza. Desta forma, coube a Igor Gomes arriscar de fora da área, mas Marcelo Boeck fez a defesa sem grandes problemas.

Precisando de gás novo na equipe, Rogério Ceni acionou Benítez e Gabriel Neves nas vagas de Nestor e Igor Gomes, respectivamente. Mas, mesmo com as mudanças, o Fortaleza seguiu ameaçando mais. Aos 32 minutos, após vacilo na saída de bola, Wellington Paulista soltou a bomba de fora da área, assustando Tiago Volpi.

Sem jogar a toalha, Ceni ainda colocou em campo Eder e Vitor Bueno, que logo em seu primeiro lance no jogo conseguiu marcar o gol de empate em chute forte da entrada da área, no cantinho. Porém, após revisão do VAR, o árbitro marcou impedimento de Bruno Alves na origem da jogada. Só que ainda deu tempo de Benítez, em linda cobrança de falta, balançar as redes para evitar mais um revés do São Paulo na competição e sair como herói da partida.

FORTALEZA 1 X 1 SÃO PAULO

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 10 de novembro de 2021, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Gol: Robson, aos 13 do 2ºT (Fortaleza); Benítez, aos 48 do 2ºT (São Paulo)
Cartões amarelos:
 Gabriel Sara, Rodrigo Nestor, Benítez (São Paulo); Robson (Fortaleza)

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Benevenuto, Titi e Bruno Melo; Jussa, Éderson (Jackson), Ronald e Lucas Lima (Matheus Vargas); Depietri (Romarinho) e Robson (Wellington Paulista).
Técnico: Juan Vojvoda.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Igor Vinícius (Marquinhos), Nestor (Benítez), Igor Gomes, (Gabriel Neves) Gabriel Sara (Vitor Bueno) e Reinaldo; Luciano (Eder) e Calleri.
Técnico: Rogério Ceni.

Fonte: Yahoo!Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Scroll Up