São Paulo empata com a Inter de Limeira no Morumbi

O São Paulo ficou no 0 a 0 com a Inter de Limeira na noite desta quinta-feira, no estádio do Morumbi, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. O time comandado por Rogério Ceni não teve dificuldades para dominar o jogo, mas sofreu para infiltrar na defesa adversária, tendo de se conformar com mais um empate sem gols diante de seus torcedores.

Com o resultado, o Tricolor também perdeu a oportunidade de colar no São Bernardo, líder do Grupo B, com 11 pontos. Caso vencesse, o São Paulo iria a dez tentos, mas com um jogo a menos que o Tigre do ABC, ficando em boa condição para assumir a ponta da tabela.

O próximo compromisso do São Paulo acontece no domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro, às 18h30 (de Brasília). Já a Inter de Limeira pega a Ferroviária, em casa, no mesmo dia, às 20h30.

o primeiro grande lance de perigo do jogo foi aos 13 minutos. Rodrigo Nestor carregou na entrada da área e soltou o pé, mandando à direita do goleiro da Inter de Limeira, que só acompanhou a bola sair pela linha de fundo.

Depois, aos 24, foi a vez de Marquinhos fazer cruzamento na medida para Nikão cabecear firme, porém, Rafale Pin fez a defesa sem dar rebote. A Inter de Limeira reagiu logo em seguida em chute de fora da área, rasteiro, no cantinho, obrigando Jandrei a se esticar para espalmar.

O Tricolor chegava ao campo de ataque com naturalidade, mas enfrentava dificuldades para infiltrar na defesa da Inter de Limeira no último terço do campo. Por isso, muitas vezes a solução eram os chutes de fora da área. Pablo Maia, arriscou aos 26, contou com o desvio na zaga adversária e viu a bola tirar tinta da trave.

Logo na sequência, Rafinha cruzou na área, e Diego Costa cabeceou com perigo. Depois, foi a vez de Gabriel Sara arrematar de cabeça a bola alçada por Léo no primeiro pau, assustando bastante a defesa da Inter de Limeira, que, com muito esforço, conseguiu ir para o intervalo com o empate sem gols no Morumbi.

Na etapa complementar o São Paulo teve mais dificuldades para chegar ao gol adversário. A primeira boa oportunidade dos donos da casa aconteceu aos oito minutos, quando Calleri ficou com a sobra praticamente na pequena área, após cruzamento, e bateu de primeira, mas viu Galdezani, da Inter de Limeira, aparecer em cima da linha para bloquear o chute e salvar os visitantes.

Tentando melhorar o desempenho ofensivo da equipe, Rogério Ceni decidiu promover as entradas de Eder e Rigoni nas vagas de Marquinhos e Nikão, respectivamente. Com dois atletas mais “frescos” em campo, o São Paulo teve outra boa chance aos 20 minutos, quando Sara recebeu de Rigoni na entrada da área e bateu procurando o canto, mas mandou para fora.

A sorte parecia não estar ao lado do Tricolor na noite desta quinta-feira. Reinaldo, que substituiu Pablo Maia, quase balançou as redes ao tentar fazer um cruzamento que acabou saindo fechado demais, porém, viu a bola carimbar a trave.

Antes do apito final, o São Paulo ainda teve uma última chance de balançar as redes, novamente com Reinaldo envolvido no lance. O lateral-esquerdo cobrou escanteio, e Eder desviou no primeiro pau, de costas para o gol, porém, mais uma vez a bola acabou não entrando por um detalhe, parando no travessão. Assim, coube ao Tricolor se conformar com o frustrante empate sem gols no Morumbi.

SÃO PAULO 0 X 0 INTER DE LIMEIRA

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 17 de fevereiro de 2022, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Amanda Pinto Matias
VAR: Vinícius Furlan

Público: 15.098 torcedores.
Renda: R$ 428.341,00

Cartões amarelos: Titto, Rodolfo (Inter de Limeira); Eder (São Paulo)

SÃO PAULO: Jandrei; Rafinha, Arboleda, Diego Costa (Juan) e Léo; Pablo Maia (Reinaldo), Rodrigo Nestor (Alisson) e Gabriel Sara; Nikão (Rigoni), Marquinhos (Eder) e Calleri.
Técnico: Rogério Ceni.

INTER DE LIMEIRA: Rafael Pin; Léo Duarte, Rodolfo, Xandão e Rafael Carioca; Jhony Douglas, Galdezani (Celsinho) e Lima (Matheus Mancini); Geovane (Titto), Diego Tavares (Pedro) e Ronaldo Silva (Thiago Alagoano).
Técnico: Vinícius Bergantin.

Fonte: Yahoo!Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net