Santos vence o Grêmio e está na semifinal da Libertadores

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Santos venceu o Grêmio por 4 a 1 na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, e está classificado para as semifinais da Libertadores da América. O Peixe havia empatado em 1 a 1 em Porto Alegre. O adversário será Boca Juniors ou Racing, da Argentina.

O Peixe contou com um início fulminante para se classificar. Kaio Jorge marcou aos 11 segundos e Marinho ampliou aos 15 minutos. No segundo tempo, Kaio fez mais um aos 9. Thaciano fez o de honra aos 35 e Laércio transformou o placar em goleada aos 38.

O Alvinegro de Cuca foi amplamente superior ao Tricolor de Renato Gaúcho desde o primeiro minuto e poderia até ter feito mais gols. O 4 a 1 ficou barato na Vila.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Santos voltará a campo para enfrentar o Vasco, domingo, em São Januário. O Grêmio visitará o Sport, no sábado. Ambos os jogos são válidos pela 26ª rodada.

Nem o mais otimista torcedor do Santos esperava um começo tão avassalador. Após recuo ruim de Jean Pyerre e vacilo de David Braz, Kaio Jorge driblou Vanderlei e abriu o placar aos 11,4 segundos.

O Peixe não parou e, em 2 minutos, criou outras duas chances: Marinho finalizou cruzado para defesa de Vanderlei. Segundos depois, o camisa 11 tentou de novo de fora da área.

O Grêmio criou pela primeira vez aos 5 minutos. O Santos saiu jogando na pequena área, foi apertado por Diego Souza e Jean Pyerre apareceu sozinho na primeira trave, mas chutou por cima.

Quando o placar marcava 15 jogados, o Peixe deu uma aula de contra-ataque. Após escanteio do Grêmio, Marinho tocou para Sandry e disparou. O volante acionou Lucas Braga em profundidade e ele arrancou e cruzou para o próprio Marinho bater bonito e vencer Vanderlei. 2 a 0.

No minuto 26, o Santos quase fez o terceiro. Madson bateu lateral na área, Kaio Jorge desviou e Vanderlei espalmou. No rebote, Jobson chutou errado e a bola subiu. Aos 29, Lucas Veríssimo cabeceou com perigo.

O Grêmio chegou no minuto 30. Matheus Henrique tabelou com Pepê e chutou bem. O goleiro John desviou providencialmente e a bola ainda bateu no travessão.

E o início fulminante da etapa inicial foi repetido na final. Depois de Sandry e Marinho tentarem, Kaio Jorge apareceu novamente. O camisa 9 desviou após toque de cabeça de Madson em escanteio e fez o terceiro do Santos aos nove minutos.

Depois do terceiro gol e das saídas de Felipe Jonatan, Jobson e Marinho por cansaço muscular, o Peixe passou a administrar o resultado. E passou a sofrer um pouco na defesa.

O Grêmio assustava no jogo aéreo. Aos 30 minutos, David Braz cobrou falta com categoria e John espalmou. No escanteio, Diego Souza apareceu sozinho e cabeceou por cima. E aos 35, Ferreira cruzou e Thaciano cabeceou no segundo pau.

O Santos, porém, freou qualquer reação do adversário. Aos 38 minutos, Jean Mota cruzou e Laércio cabeceou. 4 a 1 no placar. E goleada na Vila Belmiro. Goleada merecida.

SANTOS 4 X 1 GRÊMIO

Data: 16 de dezembro de 2020 (quarta-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP
Árbitro: Wilmar Roldan (COL)
Assistentes: Wilmar Navarro e Dionisio Ruiz (COL)
VAR: Nicolas Gallo (COL)
Cartões amarelos: Santos: John. Grêmio: Pinares, Pepê e Diego Souza

GOLS:
Santos: Kaio Jorge, aos 11 segundos, e Marinho, aos 15 minutos do 1T; Kaio Jorge e Laércio, aos 9 e 38 minutos do 2T.
Grêmio: Thaciano, aos 35 minutos do 2T.

SANTOS: John, Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan (Wagner Leonardo); Alison (Laércio), Sandry e Jobson (Guilherme Nunes); Marinho (Jean Mota), Lucas Braga e Kaio Jorge (Marcos Leonardo)
Técnico: Cuca

GRÊMIO: Vanderlei; Orejuela, Geromel, David Braz (Churín) e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Darlan (Pinares) e Jean Pyerre (Thaciano); Luiz Fernando (Ferreira), Pepê e Diego Souza
Técnico: Renato Gaúcho

Fonte: Yahoo! – Foto: Staff images /CONMEBOL

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes