Santos sofre para vencer o Floresta na estreia da Copa São Paulo

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Antes da estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior, os meninos do sub-20 do Santos ouviram o presidente do clube Modesto Roma Júnior afirmar que não esperava grandes revelações da equipe. E se depender do que foi apresentado na vitória por 1 a 0 sobre o Floresta, na noite desta quarta-feira, na Arena Barueri, o mandatário santista irá acertar sua ‘previsão’. Após um apagão no primeiro tempo, a equipe comandada por Marcos Soares acendeu logo no início da segunda etapa e marcou o único gol da partida com Giovane. Porém, o Peixe não mostrou um grande futebol, foi pressionado pelo time cearense e quase saiu de campo sem os três pontos.

Com a vitória, o alvinegro alcançou a liderança do grupo 25 da Copinha. Os ‘peixinhos’ dividem a ponta com o Audax-SP, que bateu o Rio Branco por 2 a 1, na tarde desta quarta-feira. O Floresta, por sua vez, ficou zerado e é o lanterninha da chave.

Na próxima rodada, o Santos encara o Rio Branco, nesta sexta-feira, às 20h (de Brasília), também na Arena Barueri. Mais cedo, às 18h, o Floresta encara o Audax-SP, no mesmo estádio.

Apagão e pouco futebol

O Santos começou a partida como geralmente o time profissional faz: com a posse de bola. Porém, o Floresta mostrou que não é bobo e aproveitou um contra-ataque para ter a primeira boa chance do embate. Aos 6 minutos, Iago arriscou de longe e assustou o goleiro Fernando Castro. O Peixe respondeu no lance seguinte. Após falha defensiva, Léo Souza apareceu livre na entrada da área. O centroavante, porém, pegou mal na bola e chutou por cima do gol de Matheus.

Após as primeiras oportunidades, o duelo caiu de produção. Nervosas, as duas equipes demonstraram ansiedade e erraram muitos passes considerados fáceis, irritando os treinadores e fazendo o duelo ficar feio tecnicamente.

Durante boa parte do primeiro tempo, o jogo ficou preso no meio de campo e as equipes assustaram os goleiros em apenas em chutes fracos de longa distância. E mesmo com poucas faltas, o meia santista Alessandro acabou sendo amarelado após entrada por trás.

E se o jogo era feio, o sistema de iluminação da Arena Barueri também demonstrou ser fraco e as luzes do estádio apagaram aos 23 minutos do primeiro tempo. Segundo o locutor do estádio, a queda de energia aconteceu em toda a região próxima do local.

Após 21 minutos de paralisação, a partida recomeçou em Barueri. Porém, a volta da energia não animou o confronto. O Santos seguia com dificuldade para trocar passes e assustar o goleiro Matheus. O Floresta, por sua vez, apostava na velocidade para avançar, mas também não mostrava muita força ofensiva.

As melhores oportunidades da primeira etapa aconteceram aos 30 minutos. Após uma blitz no ataque, o Peixe tentou concluir três vezes para a meta do Floresta, mas a defesa do time cearense conseguiu segurar. E aos 43 minutos, o baixinho Ton Ton cabeceou forte, mas parou no goleiro Matheus e não mudou o placar antes do intervalo.

Peixinho acende, aguenta pressão e segura vitória

Se o apagão não serviu para animar o Santos no primeiro tempo, os comandados de Marcos Soares começaram a segunda etapa acesos na Arena Barueri. Com apenas um minuto de jogo, Ton Ton fez bela jogada na lateral e mandou para dentro da área. Após bate-rebate, a bola ficou livre para o meia Giovane, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes e abrir o placar para o alvinegro.

A gol logo no início animou um pouco mais a partida. Em desvantagem, o Floresta precisou adiantar o time para buscar a igualdade. O Peixe, por sua vez, ganhou mais confiança e passou a acertar mais as jogadas de ataque. A defesa santista, porém, não se encontrou no segundo tempo.

Nervosos, os zagueiros do alvinegro sofreram com a velocidade do clube cearense. Aos 23 minutos, Gaúcho finalizou forte de fora da área para boa defesa do goleiro Fernando Castro. Após a boa oportunidade, o Floresta seguiu buscando o empate.

Aos 34 minutos, o time do Ceará se lançou ao ataque e teve mais uma boa chance. Porém, o chute de Yuri passou por cima da meta santista. O Peixe, por sua vez, esperava os espaços deixados pelo Floresta para tentar um contra-ataque e ‘matar’ o confronto. E a melhor oportunidade do Santos surgiu logo no lance seguinte. Após grande jogada e cruzamento de Richard, Léo Santos teve tempo de dominar e escolher o canto, mas chutou para fora.

O jogo ficou totalmente aberto na reta final e o Floresta chegou com perigo mais uma vez. Aos 40 minutos, Érisson cortou para a direita e chutou colocado buscando o ângulo do Fernando Castro. A bola passou muito perto da trave e assustou os santistas.

Apesar da pressão final, o Santos conseguiu segurar o ímpeto da equipe cearense e conquistou a suada vitória por 1 a 0 na estreia da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Confira todos os resultados desta quarta-feira:

São Caetano 4 x 2 São Bento
Cruzeiro 2 x 0 River-PI
União Mogi 1 x 3 Bragantino
Taboão da Serra 2 x 1 Luverdense
Ceará 2 x 1 Madureira
São José 1 x 2 Mogi Mirim
Nacional 3 x 1 Corissabá-PI
Pérolas Negras 0 x 4 Goiás
Guarulhos 2 x 1 Flamengo-SP
Avai 1 x 0 Desportiva-PA
Guaratinguetá 2 x 4 Estanciano-SE
Londrina 1 x 1 Juventude
Água Santa 3 x 2 Santo André
Criciúma 0 x 1 Porto-PE
Coritiba 1 x 0 Boavista-RJ
Manthiqueira 4 x 4 Itabaiana
Inter 2 x 0 Aimoré
Taubaté 1x 0 Operário-MS
Bahia 3 x 1 Trindade
São Bernardo 5 x 0 Fast-AM
Juventus 1 x 0 Portuguesa
Figueirense 1 x 1 Sete de Setembro-AL
Corinthians 6 x 0 Pinheiros-MA
Fluminense-RJ 2 x 0 Real Noroeste-ES
Flamengo-RJ 5 x 0 Central-PE
Grêmio Osasco 5 x 0 Interporto-TO
Audax 2 x 1 Rio Branco-AC
Santos 1 x 0 Floresta

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes