Retirada de corpos de meninas mortas pelo pai em casa comove moradores no interior de SP

O crime registrado nesta terça-feira (24) em Taquarituba (SP) provocou grande comoção entre os moradores da cidade de 23 mil habitantes. O pai foi preso depois de manter as duas filhas em cárcere privado e matá-las dentro casa onde elas moravam com a mãe.

Vizinhos que estavam acompanhando a ocorrência em uma rua do Jardim Santa Rita, onde ocorreu o crime, rezaram durante a retirada dos corpos de Natáli, de 5, e Natanaeli, de 6 anos.

Irmãs de 5 e 6 anos foram assassinadas pelo pai em Taquarituba (SP) — Foto: Reprodução

Irmãs de 5 e 6 anos foram assassinadas pelo pai em Taquarituba (SP) — Foto: Reprodução

As meninas foram encontradas mortas dentro da residência no fim da tarde, quase seis horas depois que o pai, Natanael de Lima, de 28 anos, anunciou que estava mantendo as filhas reféns.

O suspeito e a mãe das meninas são separados e o crime aconteceu quando a mulher deixou as filhas com o pai e saiu para trabalhar.

Os corpos das irmãs foram levados por uma funerária e serão encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Avaré. Ainda não há informações sobre velório e enterro das vítimas.

Corpo de Bombeiros de Itaí (SP) foi chamado para atender a ocorrência por volta das 11h50 — Foto: Francine Galdino/TV TEM

Corpo de Bombeiros de Itaí (SP) foi chamado para atender a ocorrência por volta das 11h50 — Foto: Francine Galdino/TV TEM

A ocorrência mobilizou as polícia Militar e Civil, Samu, Corpo de Bombeiros e o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), que saiu da capital paulista.

Vazamento de gás

A PM informou que foi acionada no fim da manhã por vizinhos que notaram um vazamento de gás. No entanto, quando os policiais chegaram no local, o homem que estava na casa se negou a abrir a residência e anunciou que estava mantendo as filhas reféns.

A PM disse ainda que, durante horas, o suspeito falava que as filhas estavam amarradas dentro da casa, mas não as mostrava para a equipe policial. Em um determinado momento, houve uma brecha nas negociações e a polícia decidiu entrar na casa, já que o homem não dava sinais de que as crianças estavam vivas.

Um equipamento escâner da polícia foi usado para detectar que as crianças não estavam se movimentando.

As duas meninas foram encontradas mortas com cortes no pescoço, uma na cama e a outra no chão do quarto, informaram os policiais. A casa estava revirada, com vários cacos de vidro espalhados, e o suspeito estava armado com uma faca.

Ainda conforme a PM, para deter o homem foi necessário o uso de arma de choque e tiro de borracha. Natanael foi preso em flagrante por duplo homicídio e não declarou a motivação para o crime.

Fonte: G1