Raros gêmeos de elefante-africano nascem em reserva no Quênia; vídeo

Guias do acampamento ecológico Elephant Watch Camp (EWC) avistaram filhotes gêmeos de elefante-africano, considerados muito raros na natureza. A descoberta ocorreu na Reserva Nacional de Samburu, no norte do Quênia, no dia 16 de janeiro.

Os funcionários treinados pela entidade filantrópica Save the Elephants deram a notícia do nascimento dos gêmeos aos pesquisadores da instituição. Os especialistas confirmaram que os filhotes eram um macho e uma fêmea de cerca de um dia de idade.

Os gêmeos são filhos da elefante-africana Bora, que pertence a família “Winds II”. O conjunto familiar é muito conhecido na reserva pela Save the Elephants. A entidade monitora e estuda o comportamento dos elefantes em Samburu já faz 28 anos.

Elefantes gêmeos raros nasceram na Reserva Nacional de Samburu, no norte do Quênia (Foto: Save The Elephants )
Nascimentos de elefantes gêmeos são raros na natureza (Foto: Save The Elephants )

Além dos gêmeos raros, Bora é mãe de um elefante nascido em 2017. O animal também foi visto próximo a ela e aos irmãos no último domingo (16).

Como é comum em elefantes-africanos, a fêmea deve ter carregado seus bebês por aproximadamente 22 meses – o maior período de gestação de qualquer mamífero vivo. O normal é que as fêmeas da espécie deem à luz aproximadamente a cada quatro anos.

Atentos ao ciclo reprodutivo dos animais, os pesquisadores da Save the Elephants pretendem acompanhar a saúde dos bebês gêmeos durante suas atividades de monitoramento diário.

Filhotes gêmeos de elefante-africano na Reserva Nacional de Samburu, no norte do Quênia (Foto: Save The Elephants/Reprodução/Youtube)

“Gêmeos raramente são encontrados em populações de elefantes – e formam cerca de 1% dos nascimentos”, afirma Iain Douglas-Hamilton, fundador da entidade. “Muitas vezes as mães não têm leite suficiente para sustentar dois filhotes”, acrescenta.

O porta-voz recorda que o nascimento de elefantes gêmeos só foi registrado antes uma única vez em Samburu, no ano de 2006. Na ocasião, os dois bebês morreram logo após o parto na Reserva Nacional Shaba.

“Os próximos dias serão delicados para os novos gêmeos, mas todos estamos com os dedos cruzados para sua sobrevivência”, espera Douglas-Hamilton.

Abaixo, você pode conferir um vídeo dos primeiros dias dos gêmeos elefantes, enquanto eles saem para passear com a mãe Bora e o elefante macho Daud.

Fonte: Galileu