Racha matou jovem e feriu 6 em MS, diz polícia; veja vídeo

Racha e embriaguez. Para a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, foi esta a combinação que resultou no acidente que matou uma mulher e deixou outras seis pessoas feridas, na madrugada deste sábado (16), em Campo Grande.

Roberta foi lançada do veículo e morreu no local do acidente — Foto: Redes sociais
Roberta foi lançada do veículo e morreu no local do acidente (Foto: Redes sociais)

Todas as vítimas estavam no carro dirigido por um homem de 36 anos. O veículo seguia pela avenida Júlio de Castilhos, onde estaria fazendo racha, e em um determinado momento subiu na calçada e bateu em um poste.

Câmeras de segurança registraram o carro na avenida, aparentemente em alta velocidade, e também a batida no poste. As imagens mostram que o veículo chega a levantar os pneus traseiros e há uma explosão no poste, que fica inclinado para a avenida, sustentado por fios. Diversos imóveis ficaram sem energia elétrica, o poste precisou ser trocado e o trecho em frente ao local ficou interditado.

Vítimas

Quando o Corpo de Bombeiros chegou ao local havia seis vítimas no veículo. Uma das passageiras, Roberta da Costa Coelho, de 25 anos, havia sido lançada.

Roberta morreu no local. O motorista, de 36 anos, ficou gravemente ferido, sendo levado inconsciente para a Santa Casa, onde está sob escolta policial. As duas vítimas, de 19 anos, receberam alta médica e, a de 33 anos, segue consciente e com respiração espontânea.

Carro bateu em poste, na Júlio de Castilho, e foi preciso cortar teto para retirada das vítimas — Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena
Carro bateu em poste, na Júlio de Castilho, e foi preciso cortar teto para retirada das vítimas (Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena)

Racha e embriaguez

No veículo, que ficou destruído com a batida, a polícia encontrou um cooler com latas de cerveja. Havia também outras espalhadas pelo carro. Ao falar com as vítimas, foi observado indícios de embriaguez.

Também foi observado que o motorista havia ingerido bebida alcoólica e, por conta disso, foi autuado por homicídio doloso (com intenção), dirigir embriagado e ainda por disputar racha.

Indícios no local do acidente, imagens de câmeras de segurança, relatos de testemunhas e de vítimas, confirmaram a disputa de velocidade com outro veículo. Este não ficou no local, mas a polícia já tem a placa e sabe no nome de quem está.

De acordo com o boletim de ocorrência, ao menos duas pessoas que passavam pela via viram o racha. Uma das vítimas contou aos policiais que todos voltavam de uma casa noturna onde tinham bebido e confirmou o racha.

Agora, a polícia tenta localizar o outro motorista que estaria envolvido na disputa de velocidade e deve ouvir o motorista, quando ele estiver recuperado.

Fonte: G1