‘Quartinho do bebê estava pronto’, diz prima de grávida que morreu em acidente no interior de SP. Motorista foi transferido para Botucatu 

A família da grávida de 24 anos que morreu após sofrer um grave acidente envolvendo dois carros na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP-249), em Taquarituba (SP), contou ao que Talia Camargo Pinto estava prestes a dar à luz e que já havia montado o quarto do bebê.

“A Talia queria muito ter o Gael. Desde o início ela ganhou muita coisa e comprou. O quartinho do bebê já estava pronto e só faltava ajeitar a mala da maternidade .Inclusive, as fraldinhas que faltavam ela pegou pouco antes do acidente. Esse bebê foi tão desejado que acho que Deus não quis separá-los”, contou a prima da jovem, Bianca Caroline.

De acordo com parentes, na noite de sexta-feira (8), Talia passou em uma costureira para buscar as últimas peças do enxoval do bebê e, na frequência, decidiu entregar um aparelho celular que havia vendido para uma moradora de Taguaí (SP).

Acompanhada do marido e do filho mais velho, de sete anos, a jovem seguiu para acidente vizinha. Durante o percurso, na altura do quilômetro 163, a família foi surpreendida por um carro que seguia na contramão.

Colisão frontal provoca morte de grávida em Taquarituba  — Foto: Arquivo Pessoal

Colisão frontal provoca morte de grávida em Taquarituba — Foto: Arquivo Pessoal

“A Talia chegou a ver o carro e avisou o meu primo, o marido dela, mas foi tão rápido que ele não conseguiu desviar. Quando recebemos a notícia de que ela não resistiu, ficamos sem chão. Ela era uma pessoa tão querida e amorosa que não consigo entender o porquê isso aconteceu”, desabafou Bianca.

Conforme o registro policial, após a colisão frontal, Talia ficou presa às ferragens do carro. Ela chegou a ser retirada pela equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhada ao pronto-socorro de Taquarituba, mas não resistiu aos ferimentos. Já o esposo dela e o filho do casal, foram socorridos e atendidos no hospital da Santa Casa de Taquarituba.

“O menininho dela passou por uma cirurgia e continua internado. Ele ainda não sabe sobre a mãe. Vai ser muito difícil contar. Nossa família vai ter que ser mais forte e ainda mais unida”, explicou a parente.

Conforme o registro policial, o motorista do veículo que estava na contramão também foi levado ao pronto-atendimento de Taquarituba e depois transferido para o hospital da Unesp Rubião Júnior, em Botucatu (SP).

A Polícia Civil não informou se os envolvidos realizaram o teste do bafômetro, mas afirmou que um inquérito será aberto para apurar as causas do acidente.

“Só espero que a vida dela não tenha sido tirada por imprudência. Se for o caso, vamos correr atrás de justiça. Fora isso, também tem a justiça divina, que nunca falha”, desabafou.

Fonte: G1

Últimas

Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena vai a R$ 120 milhões

28/05/2022

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.485 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (28) no Espaço...

Categorias