Professora é presa acusada de sequestro de ex-aluna, no interior de SP

Uma professora de 51 anos foi presa pela polícia de Piedade (99 km de SP) acusada de sequestrar uma ex-aluna de 16 anos no final de junho.

A motivação do crime ainda é desconhecida.

Segundo a polícia, Vera Lúcia Stelzer chegou a procurar a família da vítima duas vezes no dia do crime, 30 de junho.

Por telefone e sem se identificar, exigiu resgate de R$ 70 mil.

Depois, foi ao salão de beleza da mãe da adolescente dizer que tinha visto a garota ser sequestrada por quatro homens.

No seu depoimento, a jovem disse que Vera ligou na manhã do dia 30 de junho oferecendo uma carona para que ela chegasse mais cedo à escola, para uma atividade extra.

A adolescente combinou de se encontrar com a professora.

Ela disse que no meio do caminho foi abordada por Vera Lúcia, que estava de peruca e óculos escuros e dirigia um carro diferente.

Resposta

Vera Lúcia Stelzer disse à polícia que foi obrigada por uma quadrilha a ajudar no sequestro da adolescente e que também foi mantida refém pelos criminosos.

Em depoimento, Vera afirmou que o bando queria “vender uma menina virgem para a China e, assim, ganhar um bom dinheiro”.

Disse que foi obrigada a ligar e visitar os familiares da jovem para ver como andavam as investigações da polícia.

E que foi ferida pelos bandidos.

Fonte: Agora SP

Scroll Up