Professor universitário é encontrado morto com pés e mãos amarrados

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O corpo do professor universitário Rafael Adriano de Oliveira Severo, 37, foi encontrado na manhã deste sábado (3), amordaçado, com as mãos e pés amarrados, em seu apartamento em Contagem (MG), região metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a PM (Polícia Militar), o professor pode ter morrido por estrangulamento. O corpo foi encontrado por uma professora da Faculdade de Ciências Sociais de Belo Horizonte (Facisa-BH), que estranhou a ausência do colega nas aulas no período da manhã deste sábado. A docente chamou a polícia.

O corpo de Severo estava sobre a cama, as pernas amarradas com uma sacola de pano, as mãos presas com uma cueca rasgada e a boca amordaçada com uma fronha, e o rosto machucado. A primeira suspeita da polícia é de que o crime tenha sido cometido por uma pessoa conhecida do professor, pois a porta do apartamento estava aberta e sem sinais de arrombamento.

A perícia da Polícia Civil esteve no imóvel e verificou que não havia indícios de luta corporal no imóvel. Durante as buscas, a polícia também descobriu que havia R$ 600 no apartamento e o carro da vítima estava na garagem.

Vizinhos disseram à polícia não ter ouvido nenhum barulho vindo do apartamento e também não perceberam nenhuma pessoa em atitudes suspeitas. A polícia vai analisar imagens do circuito de segurança do prédio.

O corpo do professor foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Belo Horizonte e ainda não foi liberado. Não há informações sobre o enterro de Severo.

Fonte: UOL

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes