Professor de Física atira em si mesmo debaixo d’água para provar um princípio científico

Os físicos amam as experiências estranhas, e por que não dizer bizarras e muitas vezes perigosas, para comprovar qualquer princípio científico que estejam tentando transmitir aos seus alunos ou ao público em geral.

O exemplo mais recente disso é o físico Andreas Wahl, que decidiu que seria uma grande ideia meter-se em uma piscina com uma pistola carregada e, pasmem, tentar disparar contra si mesmo debaixo d’água. Visto que a água é muito mais densa que o ar, Wahl conseguiu demonstrar sua teoria: ele não estava realmente se colocando em perigo, de forma nenhuma. Contudo, é preciso muita coragem para realizar uma manobra como essa.

Como você pode ver no vídeo abaixo, Wahl instalou uma arma debaixo d’água e a atou com cordas, assim ele poderia puxar o gatilho e disparar contra si mesmo. Uma câmera estrategicamente posicionada ao lado da pistola registrou toda a cadeia de eventos com riqueza de detalhes e em câmera lenta.

“É mais difícil criar movimento na água do que no ar, já que as moléculas de água são mais próximas entre si do que as moléculas de ar”, diz a descrição do vídeo publicado no YouTube. “Para mostrar a diferença da resistência, o físico Andreas Wahl se coloca na frente de uma arma submersa na água e atira – em si mesmo.”

Certamente essa não é a primeira vez que vemos alguém empregar uma arma de fogo para provar um princípio. Basta dar uma olhada rápida no material que circula pelo YouTube, para deparar-se com um vasto acervo de vídeos protagonizados por pessoas protegidas com coletes a prova de balas, alvos de disparos a curta distância.
Fonte: Yahoo
Scroll Up