Professor da rede estadual é preso em flagrante por pedofilia em Marília

A Polícia Civil de Marília (SP), através da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), prendeu em flagrante na manhã desta terça-feira (2) um homem de 35 anos acusado de pedofilia.

De acordo com informações da polícia, o suspeito trabalha como professor do ensino fundamental da rede estadual e mantinha armazenamento de vídeos com cenas de sexo explícito envolvendo crianças.

Policiais da DDM apreenderam um notebook e um celular que serão periciados. O crime está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e prevê pena de quatro anos de prisão. O caso agora segue para análise da Justiça.

Consultada pela reportagem, a Secretaria Estadual de Educação ainda não se manifestou sobre o caso.

Policiais da DDM apreenderam equipamentos que serão periciados (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Fonte: G1