Presos por embriaguez ao volante depredam delegacia de polícia em Itapetininga

Duas pessoas foram presas por embriaguez ao volante na noite deste domingo (11) em Itapetininga (SP) e depredaram a delegacia de polícia da cidade. Segundo os boletins de ocorrência, a porta de vidro do plantão foi quebrada e grades foram derrubadas.

De acordo com um dos registros da Polícia Civil, os PMs foram acionados depois que receberam a denúncia de que o motorista de uma caminhonete branca fez disparos de arma de fogo em uma via pública e contra a fachada de uma empresa na Vila Carolina.

Conforme o BO, o homem de 41 anos foi encontrado com a arma dentro do veículo, estacionado em frente à casa dele, e a polícia afirmou que ele apresentava sinais de embriaguez. Na caminhonete, os policiais também encontraram garrafas de cerveja vazias e munições.

Delegacia de polícia de Itapetininga foi depredada — Foto: Arquivo pessoal
Delegacia de polícia de Itapetininga foi depredada (Foto: Arquivo pessoal)

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito se recusou a fazer o teste do bafômetro e exibiu o registro da arma de fogo, mas estava bastante alterado, segundo a polícia, e foi preso em flagrante.

Ao ser levado para a delegacia, a polícia informou que o homem deu socos e chutes na porta do plantão policial, quebrou a porta de vidro da delegacia, do banheiro e alguns azulejos.

Outra ocorrência

Mais tarde, uma outra ocorrência parecida foi registrada em Itapetininga. Segundo o BO, os PMs estavam em patrulhamento quando viram um veículo andando na contramão na Avenida Cinco de Novembro.

De acordo com o registro policial, a motorista de 42 anos foi abordada e apresentava sinais de embriaguez. Ela fez o teste do bafômetro, que constatou a ingestão de bebida alcoólica.

Grade da delegacia de Itapetininga foi derrubada — Foto: Arquivo pessoal
Grade da delegacia de Itapetininga foi derrubada (Foto: Arquivo pessoal)

A mulher também foi presa em flagrante por embriaguez ao volante e foi apresentada na delegacia. Neste momento, segundo o BO, ela passou a desacatar os policiais com xingamentos e se pendurou na grade de uma sala externa da delegacia.

Segundo a polícia, a grade foi derrubada durante a ação. O carro da mulher foi recolhido, e os policiais arbitraram fiança no valor de R$ 3,3 mil, mas não foi paga e a motorista permaneceu presa.

Fonte: G1

Scroll Up