Presidente da Argentina entra em isolamento após secretário do governo contrair coronavírus

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, está em isolamento domiciliar desde que o secretário de Assuntos Estratégicos, Gustavo Beliz, foi diagnosticado com o novo coronavírus.

Segundo comunicado divulgado nesta quarta-feira (11) pela Casa Rosada, o teste de Fernández para Covid-19 deu negativo, mas ainda assim, por precaução, ele ficará em quarentena até sair o resultado de um segundo exame. O presidente argentino não apresenta sintomas da Covid-19.

As medidas de precaução foram tomadas, de acordo com o jornal “Clarín”, depois que Beliz e Fernández participaram de um jantar no domingo para se despedir de Evo Morales. O ex-presidente da Bolívia estava asilado na Argentina desde novembro, e, com a posse do aliado Luis Arce, retornou ao seu país.

Morales viajou neste domingo (8) para a cidade de La Quiaca, na província argentina de Jujuy, na fronteira com a Bolívia. Ele e o presidente argentino Alberto Fernandéz se encontraram em um jantar. — Foto: Reprodução / La Quiaca Al Dia Noticias / Facebook
Morales viajou neste domingo (8) para a cidade de La Quiaca, na província argentina de Jujuy, na fronteira com a Bolívia. Ele e o presidente argentino Alberto Fernandéz se encontraram em um jantar (Fotos: Reprodução)

Fotos do jantar mostraram que ao menos 16 pessoas participaram do jantar. O deputado Eduardo Valdés, que esteve no evento, negou que Beliz estivesse com o coronavírus no encontro e disse que todos foram testados previamente.

A Argentina registra mais de 1,2 milhão de casos do novo coronavírus, e a Covid-19 matou 34.531 segundo balanço mais recente da Universidade Johns Hopkins. Os números da pandemia no país pioraram entre agosto e outubro, mesmo após o país adotar medidas de confinamento consideradas das mais rígidas no mundo.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes