Prefeitura de SP amplia vacinação para funcionários de cemitérios e os que fazem exame de Covid-19 em laboratórios da cidade

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Prefeitura de São Paulo anunciou a ampliação da vacinação contra a Covid-19 para cinco novas categorias de profissionais que lidam diretamente com pacientes com coronavírus na cidade, a partir desta quarta-feira (17).

Trabalhadores de cemitérios e do Instituto Médico Legal (IML), como coveiros, médicos legistas, cremadores e condutores de veículos funerários, por exemplo, poderão comparecer aos postos de vacinação de toda a capital paulista para receberem a primeira dose da vacina.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) também ampliou a vacinação nesta quarta para trabalhadores dos serviços de diagnóstico da Covid-19, como testes RT PCR, SARS CoV2 e exames de imagem (RX e tomografia), além de funcionários de setores administrativos dos hospitais públicos da cidade.

Para receberem a imunização, essas os funcionários dessas novas categorias precisam apresentar obrigatoriamente documento de identificação pessoal com CPF, além de crachá, declaração da empresa ou atestando as atividades exercidas na cidade de São Paulo.

As cinco categorias contempladas nessa ampliação são as seguintes:

  • Equipes de serviços de ambulância que fazem transporte/remoção de pacientes com Covid-19;
  • Trabalhadores de cemitérios públicos e privados, como profissionais sepultadores, veloristas, cremadores e condutores de veículos funerários;
  • Trabalhadores das equipes de IML, como profissionais auxiliares de necrópsia, médicos legistas e atendentes de necrotério;
  • Trabalhadores de serviços de diagnóstico que realizam coleta e análise de amostra de RT PCR, SARS CoV2 e exames de imagem (RX e tomografia);
  • Trabalhadores da Saúde da Rede de Atenção à Saúde Municipal (Secretaria Municipal da Saúde, Coordenadorias Regionais de Saúde, e Supervisão Técnica de Saúde);
  • Demais trabalhadores da saúde dos hospitais públicos municipais e estaduais da cidade, como setores administrativos ou de apoio aos serviços de saúde.

A primeira dose da vacina para essas categorias pode ser adquira por esses profissionais em qualquer uma das 468 UBS da cidade e 87 AMAS Integradas, além das cinco unidades drive-thru da capital paulista e nos postos chamados de centros-escola.

Fonte: G1 – Foto: Marcelo Pereira/Secom/PMSP

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes