Polícia prende suspeito de matar dono de loja de rações durante assalto em Jaú

A Polícia Civil de Dois Córregos (SP), através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecente (DISE), prendeu na manhã desta terça-feira (14) o último suspeito de matar o dono de uma loja de rações a tiros durante assalto em maio do ano passado.

Na noite do dia 21 de outubro, o coautor do crime conseguiu fugir da abordagem policial após jogar o próprio veículo contra os policiais. Desde então, ele estava foragido, até ser encontrado em uma chácara no município, onde os policias cumpriram mandado de busca e prisão.

Segundo a polícia, o homem de 23 anos foi condenado pela Segunda Vara Criminal de Jaú (SP) a 30 anos e 5 meses de reclusão pelo crime de latrocínio, ocorrido na tarde do dia 13 de maio do ano passado.

Neste dia, dois homens invadiram o estabelecimento em Jaú e renderam o dono. Durante a ação, Francisco Perez Filho, de 58 anos, foi atingido por disparos e morreu. A dupla fugiu em uma moto levando R$ 3 mil.

Crime aconteceu na tarde do dia 13 de maio em Jaú em uma loja de rações  — Foto: Luizinho Andretto/ Divulgação
Crime aconteceu na tarde do dia 13 de maio em Jaú em uma loja de rações (Foto: Luizinho Andretto/ Divulgação)

No dia 9 de outubro do ano passado, a polícia identificou e prendeu o outro homem, de 19 anos e autor dos tiros, em Maringá (PR) com apoio dos policiais da região.

A dupla também era investigada por uma tentativa de latrocínio que ocorreu no ano passado em uma pizzaria de Jaú. Neste dia, um PM estava de folga e comprava uma pizza no local, quando dois homens armados chegaram de moto e anunciaram o assalto. Ao tentar reagir, o policial foi baleado três vezes. Os criminosos roubaram dinheiro e fugiram.

Fonte: G1 – Foto: Polícia Civil/Divulgação