Polícia prende casal suspeito de envolvimento em homicídio do motorista de van na zona rural de Jaú

A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (8) o casal suspeito de participação no homicídio do motorista de uma van Roberto Antônio Izeppe, de 64 anos, localizado em um canavial no distrito de Potunduva, em Jaú (SP), dois dias depois de ser assassinado a golpes de uma chave de fenda e de pedradas na cabeça.

De acordo com a Polícia Civil, a dupla foi presa em Mineiros do Tietê (SP), após fugir para o município por conta do homicídio.

Ao avistarem os policiais, eles tentaram a fuga, invadindo diversas casas e comércios, até que num destes estabelecimentos, eles foram capturados. Na moradia onde se escondiam, os policiais ainda localizaram o aparelho celular da vítima.

Casal estava com celular da vítima Roberto Antônio Izeppe — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Casal estava com celular da vítima Roberto Antônio Izeppe (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Trazidos até a DIG de Jaú, ambos confessaram o crime. Eles confirmaram que a intenção, inclusive do adolescente, desde o início era o roubo da van, do dinheiro e dos objetos da vítima que foi atraída pela mulher sob o pretexto de um encontro no local.

A polícia indiciou a dupla pelos crimes de latrocínio consumado, ocultação de cadáver e corrupção de menor em concurso material. As penas podem chegar a 30 anos se condenados.

Depois de indiciados e interrogados eles foram encaminhados até a carceragem da CPJ, onde aguardam a audiência de custódia e, confirmada a prisão, seguirão para a cadeia pública de Avaí (SP).

Polícia encontrou corpo da vítima apenas dois dias após o homicídio, em Jaú (SP) — Foto: Polícia Militar/Divulgação
Polícia encontrou corpo da vítima apenas dois dias após o homicídio, em Jaú (SP) (Foto: Polícia Militar / Divulgação)

Fonte: G1