Polícia libera vídeo do interior da Grenfell Tower após o incêndio

A polícia metropolitana de Londres liberou um vídeo que mostra o estado em que estava o interior da Grenfell Tower após o incêndio. Nas imagens, pode-se ver claramente como vários andares foram completamente destruídos pelas chamas. 

Máquinas de lavar, banheiras, fornos, bicicletas ergométricas… é possível distinguir restos de bens destruídos pelas altas temperaturas. É possível ver até objetos de metal fundidos pelo calor. O vídeo foi gravado em um dos poucos ambientes considerados seguros naquele momento e, portanto, não sofreu tanto com o fogo quanto o resto do prédio.

Na apresentação, do vídeo, o comissário Stuart Cundy alertou que o número de mortes confirmadas provavelmente cresceria nas horas seguintes, excedendo as 58 pessoas dadas oficialmente como mortas até o momento. O mesmo policial disse pela Sky News que “as pessoas devem se preparar para a terrível realidade de que alguns nunca serão identificados, devido à intensidade do incêndio”. 

A Grenfell Tower por dentro (Foto: Metropolitan Police)

Embora tenham passado vários dias desde a catástrofe, a polícia ainda está elaborando listas de desaparecidos, com base nas informações que recebem de parentes e vizinhos. Como famílias inteiras morreram no incêndio, em alguns casos, não sobrou ninguém para relatar os desaparecimentos. Por isso, o comissário Cundy solicitou a colaboração dos colegas de trabalho das possíveis vítimas.

O oficial da polícia não quis especular sobre as causas do incêndio, explicando que a prioridade é descobrir os corpos e identificá-los. 

Ao mesmo tempo, ele garante que a causa está sendo investigada, mas que não fará declarações sobre o assunto ou apresentará teorias sobre possíveis culpados pelo trágico acontecimento.

No momento, os números oficiais são de 58 mortes confirmadas. Desse número, apenas 30 corpos foram encontrados no interior da torre, enquanto 28 ainda continuam desaparecidos. 18 pacientes estão em hospitais de Londres, 9 deles em estado crítico.

As autoridades anunciaram que as vítimas receberam uma ajuda inicial de 5.500 libras (23 mil reais) para cobrir suas necessidades mais imediatas.

 

Fonte: Yahoo!