Polícia identifica dupla suspeita de matar comerciante a tiros durante assalto a loja de rações em Jaú

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jaú (SP), identificou a dupla suspeita de matar o dono de uma loja de rações a tiros durante um assalto em maio na cidade.

Segundo a polícia, um jovem de 19 anos foi preso no dia 9 deste mês e o outro suspeito, de 22 anos, teve a prisão decretada, mas fugiu de uma abordagem da polícia na noite desta quarta-feira (21).

O crime de latrocínio aconteceu na tarde do dia 13 de maio. Segundo a polícia, dois homens invadiram o estabelecimento em Jaú e renderam o dono. Durante a ação, Francisco Perez Filho, de 58 anos, foi atingido por disparos e morreu. A dupla fugiu em uma moto levando R$ 3 mil.

A Polícia Civil informou que identificou o autor dos disparos como sendo um jovem de 19 anos, já conhecido nos meios policiais por roubos praticados com violência. No dia 9, ele foi capturado em Maringá (PR) com apoio de policiais da região e confessou o latrocínio.

Já o outro criminoso, que conduziu a motocicleta no dia do crime, segundo a polícia, foi identificado como um jovem de 22 anos, também já conhecido por seu histórico de crimes violentos e com provável participação em uma organização criminosa.

O suspeito teve a prisão decretada e, nesta quarta-feira (21), policiais tentaram abordar o jovem, mas ele jogou o carro que dirigia na direção da equipe e fugiu, segundo a polícia. Até a manhã desta quinta-feira (22), ele seguia foragido.

A dupla também é investigada por uma tentativa de latrocínio que ocorreu no ano passado em uma pizzaria de Jaú. Neste dia, um PM estava de folga e comprava uma pizza no local, quando dois homens armados chegaram de moto e anunciaram o assalto. Ao tentar reagir, o policial foi baleado três vezes. Os criminosos roubaram dinheiro e fugiram.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes